Novos casos de gripe aviária em Portugal

Fonte da DGAV disse à Lusa que Portugal tem atualmente seis focos de infeção por gripe aviária, depois de o vírus também ter sido confirmado em patos selvagens em Vila Nova da Barquinha (Santarim) e em gaivotas em Balel (Benich).

“Em Vila Nova da Barquinha foi detetado o vírus da gripe aviária em patos selvagens, situação que potencia a presença da doença na circulação dos animais selvagens e através destes animais chega às espécies locais”, Susanna Pombo, da Direcção-Geral para Medicina Alimentar e Veterinária (DGAV), que também confirmou mais um caso em Peniche.

“Dos cinco focos que já conhecíamos, o quinto foi confirmado em Albarca” (Santarim) a 4 de janeiro, num ganso selvagem encontrado morto na Barragem dos Patos, “podemos agora indicar também um sexto surto de gripe” em Peniche, bem como em animais selvagens, em gaivotas”, disse, apelando ao cumprimento das regras de biossegurança.

Por precaução e para conter a doença, o município de Vila Nova da Barquina, em articulação com a DGAV, decidiu interromper o acesso ao parque fluvial.

“A autarquia interditou o parque ribeirinho ao público, e pediu aos moradores que não alimentem os animais na área do parque, evitando assim a sua aproximação, e que não circulem no oceano designado para não ser um fator de propagação de o vírus em aves de capoeira”, disse o município em comunicado.

READ  A epidemia também anulou o carnaval em Portugal - Ora Pois - KSU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *