Botafogo desperdiça vantagem de 13 pontos e perde título nacional

SÃO PAULO (AP) — Há um ditado no futebol brasileiro: Algumas coisas só acontecem com o Botafogo.

A sugestão da histórica falta de sorte do clube nunca foi tão verdadeira como este ano.

O clube formado por grandes vencedores da Copa do Mundo, como Mané Garrincha, Jairzinho e Mario Zagallo, desperdiçou uma vantagem de 13 pontos no Campeonato Brasileiro, e o Palmeiras agora deve defender o título na quarta-feira. É a primeira vez que uma seleção perde uma vantagem tão grande na primeira divisão do país sul-americano.

A rodada final será realizada sem esperanças para os torcedores do Botafogo no Internacional, mas terminando a temporada na quarta colocação, o que será suficiente para garantir uma vaga direta na próxima Copa Libertadores. O clube carioca está atualmente em quinto lugar.

O Botafogo liderou a classificação em 31 das 38 rodadas, dando aos torcedores sofredores a confiança de que seu clube conquistaria seu primeiro título nacional desde 1995.

Mas o Palmeiras está agora numa posição em que não precisa necessariamente vencer a última partida para obter mais um título. Mesmo com a derrota para o Cruzeiro, o Palmeiras pode conquistar o campeonato desde que o Atlético Mineiro não apague a diferença de oito gols.

O Flamengo tem poucas chances de conquistar o título, mas isso depende de um conjunto improvável de resultados envolvendo outras equipes.

As esperanças do Botafogo de disputar o título nesta temporada foram frustradas após o empate em 0 a 0 com o Cruzeiro no domingo, partida que terminou com alguns torcedores insultando os jogadores e queimando camisas do time no Estádio Nilton Santos.

Apenas algumas temporadas atrás, os fãs ficaram entusiasmados apenas por terminar perto do topo. Mas depois do empresário americano John Textor Ele comprou a divisão de futebol do clube no ano passado e as expectativas aumentaram dramaticamente.

“Precisávamos ser um pouco mais humildes. Tínhamos que ler cada jogo, ler o momento do clube”, disse o veterano atacante Diego Costa, que chegou no meio da temporada, aos repórteres no domingo. poderia obter resultados.” melhor. Espero que esta tenha sido uma boa educação para todos aqui. O futebol faz você pagar o preço.”

O Botafogo alcançou uma vantagem de 13 pontos no dia 12 de agosto contra o rival Internacional, na quarta-feira. A essa altura, alguns torcedores já haviam tatuado a Copa da Liga Brasileira no corpo, rido da perda de pontos dos rivais para os candidatos ao rebaixamento e começado a debater como determinar o vencedor do título. A equipe será coroada.

Os torcedores do Botafogo gritavam após cada vitória de seu time, formado por jogadores desconhecidos como o goleiro Lucas Perry, o zagueiro Adrilsson, o meio-campista Eduardo e o atacante Segovina: “Siga o líder!”

Mas então… algumas coisas só aconteceram no tempo do Botafogo.

O Botafogo não conseguiu vencer as últimas 10 partidas na competição. Na semana passada, o time marcou o gol da vitória em cobrança de pênalti contra o rebaixado Coritiba, aos 90 minutos, antes de seu rival empatar 49 segundos depois.

O magnata das redes sociais Felipe Neto, um dos torcedores mais famosos do clube, disse: “Hoje, tirar sarro de um torcedor do Botafogo é como encontrar um corpo na calçada, chutá-lo e depois sair correndo de tanto rir”. “O cadáver não sente mais nada.”

O ritmo de queda do Botafogo se acelerou no final de junho passado, após a saída do técnico português Luis Castro para o saudita Al Hilal após um telefonema de Cristiano Ronaldo. Os substitutos de Castro, Bruno Lage, Lúcio Flávio e Thiago Nunes, não conseguiram manter o espírito lutador e a mentalidade ofensiva da equipe.

Algumas das derrotas do Botafogo foram tão chocantes que os torcedores rivais lamentaram o destino do clube.

Um exemplo marcante disso foi o jogo em casa contra o Palmeiras, no dia 1º de novembro, quando o Botafogo já estava em declínio, mas ainda poderia ampliar a vantagem no campeonato para seis pontos. A equipe vencia por 3 a 0 aos 37 minutos. Com o placar empatado em 3 a 1, o time carioca venceu uma cobrança de pênalti aos 82 minutos, mas seu artilheiro, Tequinho Soares, errou a cobrança de pênalti.

O Palmeiras marcou então três gols em 16 minutos para chocar os donos da casa.

O Botafogo voltou a vencer por 3 a 1 alguns dias depois contra o Grêmio, mas os gaúchos venceram por 4 a 3 com um hat-trick do veterano Luis Suárez. O uruguaio não deveria jogar porque o estádio do Botafogo possui grama artificial, que o atacante evita para proteger os joelhos. Mas a partida foi transferida para o Estádio São Januário, estádio regular, devido a um show no Estádio Nilton Santos neste fim de semana.

O Botafogo também sofreu gols no final, perdendo pontos para Bragantino, Fortaleza e Santos.

Textor acusou a Confederação Brasileira de Futebol, que organiza o campeonato, de fixar os resultados das partidas, sem apresentar qualquer prova.

A TV Globo brasileira informou na terça-feira que Textor estava considerando entrar com uma ação judicial contra a FIFA. A Confederação Brasileira de Futebol já está processando Textor por seus comentários.

O humor às vezes é a única maneira que os torcedores encontraram para lidar com as falhas do Botafogo. Foi assim que o humorista Marcelo Adnet ajudou outros torcedores a lidar com a derrota esmagadora.

“Dez jogos sem vencer. “Tudo voltou ao normal”, brincou Adnet, assumindo a personalidade de um de seus personagens, o torcedor do clube. “Textor tornou o Botafogo mais cosmopolita do que nunca. “Agora somos uma vergonha em todo o mundo.”

___

AP Futebol: https://apnews.com/hub/soccer

Maurizio Savarese, Associated Press

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *