Aumento de áreas de alto risco

Portugal tem actualmente 151 municípios em risco de infecção pelo SARS-CoV-2, um aumento de 18 em relação à semana anterior, de acordo com a Direcção-Geral da Saúde (DGS).

O número de placas de alto risco permaneceu em 21 esta semana.

A lista de municípios com mais de 960 casos por 100.000 residentes nos últimos 14 dias inclui Fundão, Golegã, Guarda, Lisboa, Loulé, Machico, Monção, Nisa, Oeiras, Ourém, Funchal, Ponte da Barca, Porto, Porto Santo e São Brás de Alportel, São João da Madeira, Sertã, Soure, Sousel, Tomar, Vila Nova e Paiva.

Os condados de muito alto risco aumentaram esta semana para mais 18, e agora são 130, com entre 480 e 959,9 casos por 100.000 residentes.

Além de 151 municípios acima do nível de risco muito alto, existem atualmente 83 municípios com taxa de incidência acumulada em 14 dias de 240 a 479,9 casos por 100.000 habitantes, ou seja, no nível de alto risco.

Com entre 120 e 239,9 casos por 100.000 habitantes, existem atualmente 32 municípios.

Os únicos concelhos portugueses com menos de 20 casos por 100.000 habitantes são agora Freixo de Espada à Cinta e Corvo, que não registaram casos novos nos últimos 14 dias.

READ  Regras mais rígidas e ausência de turistas colocam os restaurantes portugueses em situação difícil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.