BAE Systems está testando o veículo de combate CV90 no Brasil antes de uma possível decisão de compra

Por Gabriel Araújo

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A BAE Systems deve testar seu veículo de combate blindado CV90 no Brasil este ano, disse um executivo à Reuters, enquanto busca fornecer informações sobre o produto às forças armadas locais antes de uma possível decisão de compra.

O vice-presidente de criação de mercado internacional da BAE, Mark Collins, disse que a empresa está conversando com a indústria nacional e os militares sobre um “potencial projeto futuro”, que pode levar à substituição dos tanques brasileiros existentes.

A empresa sediada no Reino Unido destacou o conteúdo local que pode fornecer para o CV90 com base na demanda do cliente, incluindo fabricação e montagem final.

Collins disse em entrevista no LAAD Defense Show no Rio de Janeiro, onde a BAE exibiu o veículo através da realidade virtual.

Testes de alto perfil esperados para o verão mostrarão o CV90 no solo, disse Collins, acrescentando que a empresa está coordenando a vinda do veículo ao Brasil para demonstrações de deslocamento e lançamento.

Ainda não está claro quando o Brasil poderá substituir qualquer um de sua frota de tanques existente, que inclui modelos Guarani e Cascavel produzidos no país, bem como veículos blindados de transporte de pessoal M113 dos Estados Unidos.

Um porta-voz da BAE disse que a empresa estava oferecendo o CV90 para o Brasil “se houvesse um requisito para tal capacidade no futuro”.

A Suécia, onde o carro é fabricado, é a maior operadora do CV90, com outras operadoras incluindo Holanda, Suíça, Noruega, Finlândia, Dinamarca e Estônia.

“Vemos a oportunidade potencial aqui no Brasil como positiva o suficiente para que estejamos prontos e interessados ​​em trazer o carro para provar isso”, disse Collins.

READ  Todos os olhos estão voltados para Yuki Bhambri e Ramkumar Ramanathan nas eliminatórias do Aberto da Austrália

(Reportagem de Gabriel Araujo no Rio de Janeiro; Edição de Matthew Lewis)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *