Um a um com Selena Tavares de Portugal

Com a reabertura da Europa, muitos viajantes estão pensando em planejar uma viagem, mas descobrir o que está aberto, quando, onde e quais restrições são impostas aos visitantes costuma ser complicado.

A TravelPulse conversou com Selena Tavares, Diretora dos EUA da Visit Portugal, para descobrir como é visitar o país agora e ficar a par de onde ir e o que fazer.

Propaganda

TravelPulse (TP): Como é viajar em Portugal agora?

Selena Tavares (CT): O turismo como um todo está começando a crescer conforme os países reabrem e mais pessoas são vacinadas. Portugal está aberto e pronto para receber os turistas e temos tomado os cuidados necessários para garantir a segurança dos nossos visitantes e residentes.

Portugal está entre os países europeus com maior nível de testes e a nossa estratégia de vacinação visa vacinar toda a população adulta até setembro. A vacinação em Portugal está a decorrer sem problemas e de acordo com o plano da Autoridade Sanitária. Portugal tem uma população de 10,2 milhões, dos quais hoje 5,5 milhões receberam a primeira vacina e 3,2 milhões já estão totalmente vacinados.

Acreditamos firmemente que, diante do exposto, é hora de restaurar com segurança o movimento entre os países, equilibrando medidas de saúde pública, conectividade e mobilidade.

A TAP Portugal já retomou a maior parte das suas operações para Lisboa, de Newark, Boston, Washington, Dallas, Miami, Chicago, São Francisco e para o Porto de Newark. A United Airlines vai reiniciar Newark-Lisboa no dia 2 de julho, com voos diários, e a Delta vai reiniciar o JFK-Lisboa no dia 1º de agosto, com voos diários. A Azores Airlines opera Boston – Ponta Delgada e Boston – Terceira.

tendência agora

TP: O que os viajantes devem saber antes de vir ao país?

CT: A oferta turística portuguesa espera por si: a nossa natureza, as nossas paisagens, as nossas praias, os nossos monumentos, a nossa cultura e o nosso povo estão prontos para o receber de novo. A maioria das empresas, hotéis, campos de golfe, restaurantes, lojas, monumentos, museus, turismo e empresas de atividades estão agora totalmente operacionais.

READ  Coronavírus no Brasil: um país em crise com uma segunda onda e uma nova variável mortal sobrecarregando os hospitais

Os operadores turísticos e atrações também implementaram protocolos de saúde e segurança recomendados por nós e pelas autoridades de saúde portuguesas.

Todos os viajantes devem fornecer evidências de um teste RT-PCR negativo (amplificação de DNA ou teste NAAT semelhante) obtido 72 horas antes da partida ou um teste rápido de antígeno realizado 48 horas antes da partida (crianças menores de 12 anos estão isentas). Ano) e também Preencha Cartão de localização de passageiros Antes da partida ou no avião.

Os viajantes também devem reservar com antecedência, pois há capacidade limitada para restaurantes, passeios, atividades, monumentos, museus e atividades culturais, certifique-se de fazer uma reserva com antecedência.

As máscaras faciais são obrigatórias para todos com mais de 10 anos. As métricas atuais da Covid podem mudar de acordo com a evolução da pandemia, portanto, recomendamos que você tenha informações atualizadas mais perto do momento em que está pronto para viajar.

TP: Quais são alguns destinos imperdíveis em Portugal?

CTComo país, Portugal tem uma paisagem e experiências turísticas muito diversas. Cultura portuguesa, Património da UNESCO, vinho e gastronomia, natureza e praias são apenas alguns exemplos do que a torna um dos melhores destinos para o mercado americano.

Pelo que vimos até agora, não parece que haverá uma grande mudança na demanda dos EUA por Portugal, embora estejamos vendo um aumento do interesse em passeios apenas por Portugal e na combinação das principais cidades portuguesas (Lisboa e Porto ) com regiões menos conhecidas do país como os Açores, Madeira ou zonas costeiras com fantásticos spots de surf ou mesmo outras áreas como vilas rurais e os seus próprios roteiros tradicionais.

TP: Existem algumas joias não descobertas que os viajantes deveriam visitar?

READ  Exclusivo: Operação Interpol prende 17 pessoas no Brasil sob a acusação de tráfico de pessoas e imigração ilegal | Fabuloso

CT: Muitas e muitas coisas para fazer!

A cerca de 40 minutos de carro de Lisboa encontram-se pequenas cidades e vilas populares para explorar, como Mafra, com o seu famoso Palais-a-der do século XVII. Junto ao mar, as tradicionais aldeias piscatórias das Azenhas do Mar e da Ericeira são o pretexto para experimentar peixe fresco, marisco e pratos de surf.

Azenhas do Mar, Sintra perto de Lisboa ao pôr do sol
Azenhas do Mar em Sintra, perto de Lisboa, Portugal, ao pôr do sol. (Imagem via PauloZimmermann / iStock / Getty Images Plus)

No centro de Portugal encontram-se dois dos segredos mais bem guardados de Portugal: as aldeias de Xisto, marca da região, todas ligadas às suas técnicas tradicionais de construção através da própria rocha que lhes deu o nome: Xisto. As Aldeias Históricas são uma rede de 12 aldeias medievais únicas.

Batalha, Alcobaça e Tomar são o lar de três Patrimônios Mundiais: Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Castelo dos Templários e Mosteiro dos Cavaleiros de Cristo, respectivamente.

Aveiro é uma cidade às margens do rio Art Nouveau, em Portugal, que pode ser visitada de molesero (passeios tradicionais de barco). A deslumbrante Praia da Costa Nova fica a 20 minutos de carro, conhecida por suas cabanas de pescadores planejadas e a famosa Fábrica da Vista Alegre.

No Alentejo, uma visita obrigatória: Porto Covo, Vila Nova de Milfontes, Udemera e Zambujeira do Mar são típicas aldeias piscatórias da protegida Costa Alentejana, conhecidas pelas suas excelentes praias, surf e desportos náuticos.

No campo encontra-se Alter do Chão onde a Coudelaria Real, a estância de cavalos reais, foi fundada em 1748 pelo Rei D. João V, para ajudar a proteger a raça de cavalos Lusitianos.

O Castelo de Elvas e o centro histórico de Évora são Património Mundial da Humanidade. Perto da fronteira com Espanha encontram-se as encantadoras vilas medievais de Castillo de Vide, Marvão e Mertola. As pitorescas e tradicionais regiões de Portalegre, Borba, Redondo, Vidigueira, Reguengos de Monsaraz, Évora e Beja são a base de grande parte das adegas e locais de produção de alguns dos melhores vinhos portugueses.

READ  Férias em Espanha e Portugal podem ocorrer a partir de maio, com regras rígidas de vacinação e testes. Viagem

Braga e Guimarães ficam a cerca de 40 minutos de carro do Porto. No Vale do Douro, encontram-se também as regiões menos conhecidas de Miranda do Douro e Foz do Côa, que ganharam reconhecimento internacional com a descoberta de uma série de pinturas e gravuras rupestres do Paleolítico Superior. Viana do Castelo, Bragança, Caminha, Ponte de Lima e Casa de Mateus, em Vila Real, é outro exemplo de pequenas aldeias a não perder pela sua arquitectura tradicional, gastronomia e festas.

O Algarve é conhecido pelo seu longo passeio marítimo, praias de areia e vilas piscatórias como Odeceixe, Aljezur, Faro e Tavira.

As ilhas da Madeira são um paraíso de belezas naturais. As cores exóticas das flores se destacam nas plantas azul marinho e verde esmeralda. Dois terços do arquipélago são áreas protegidas e abrigam a maior floresta Lauriselva do mundo.

Os Açores são um paraíso para todos os amantes de caminhadas: nove ilhas concebidas pela natureza, com mais de 60 percursos pedestres rodeados de vida marinha. Os Açores são uma rota migratória para mais de 24 espécies de baleias e tem uma das maiores reservas de baleias do mundo.

Costa ensolarada de Portugal do Estoril, Alentejo e Algarve
Sunny Portugal (foto via Colette)

TP: Qual é a melhor altura do ano para planear uma viagem a Portugal?

Curriculum vitae: Portugal tem invernos amenos e verões quentes, por isso é o destino perfeito para todo o ano. Dezembro, janeiro e março são os meses mais chuvosos desde o inverno.

TP: Há muitos turistas visitando o país no momento?

Curriculum vitae: Atendendo a que Portugal e o mundo apenas começaram a reabrir em Maio / Junho, assistimos lentamente a um aumento do número de turistas e antecipamos um prolongado verão.

Estamos confiantes que, com o aumento da vacinação em Portugal e no mundo, estaremos em condições de permitir que o nosso setor do turismo comece a recuperar para os níveis de 2019 a partir de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *