Portugueses escolhem férias gratuitas

De acordo com os dados da procura turística da população, publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (Onde você está?No segundo trimestre deste ano, os residentes em Portugal realizaram 5,7 milhões de viagens, um aumento de 6,1%.

As viagens dentro do território nacional foram decisivas neste aumento, pois aumentaram 5,5% para 4,8 milhões, representando 85,6% das viagens.

As viagens para o estrangeiro cresceram 9,8%, atingindo um total de 812,2 mil viagens (14,4% do total) e aproximando-se gradualmente dos níveis de 2019, mas ainda 1,9% abaixo destes valores no trimestre analisado (-4,6% no trimestre primeiro). trimestre deste ano).

As viagens de “lazer, recreação ou férias” foram o principal impulsionador das viagens entre abril e junho, tendo aumentado 9,1% em termos homólogos, representando 48,4% do total de viagens de residentes, atingindo 2,7 milhões de viagens.

O motivo “para visitar familiares ou amigos” originou 2,1 milhões de viagens (37,8% do total), registando um crescimento de 3,2% (+1,3% face ao segundo trimestre de 2019).

Os “hotéis e similares” representaram 25,3% das dormidas resultantes de viagens turísticas no segundo trimestre, sendo o “alojamento privado gratuito” a principal opção de alojamento (60,4% das dormidas).

READ  Gerentes do Banco do Brasil almejaram investigação de lavagem de dinheiro de US $ 48 milhões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *