Enel começa a instalar medidores inteligentes em São Paulo

Roma – São Paulo, 28 de janeiroO décimo2021 A Enel, por meio da Enel Distribuição São Paulo, segunda maior distribuidora de energia elétrica do Brasil, iniciou um projeto piloto para instalar 300 mil medidores inteligentes em sua área de concessão. A iniciativa é implementada no âmbito do programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O projeto do medidor inteligente será lançado hoje em evento online que contou com a presença do presidente da Aneel, André Pepitone, do ministro da Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Marcos Pinedo, juntamente com executivos da Enel Distribuição São Paulo e da Enel Brasil.

A solução inovadora de medição inteligente de eletricidade instalada pela Enel Distribuição São Paulo no Brasil é fabricada localmente com tecnologia testada pela Enel Global Infrastructure and Networks e fará uma grande contribuição para a modernização tecnológica da rede de distribuição local,” Ele disse Antonio Camecra, Presidente da Enel, infraestrutura e redes globais. “Esses esforços pioneiros de digitalização capacitarão os clientes, dar-lhes-ão controle ativo sobre seu consumo de energia, bem como aumentarão a eficiência e a resiliência da rede, que é uma etapa essencial para enfrentar os desafios impostos pela transição energética.. “

Na primeira fase, 150 mil aparelhos serão conectados tanto em residências quanto em pequenos prédios industriais e comerciais nos bairros de Peretuba e Poros, na região noroeste da capital paulista. Os dispositivos integram uma plataforma digital inteligente, desenvolvida pela Enel, que permitirá aos consumidores monitorar e melhorar seu consumo de energia de forma fácil e transparente, além de permitir que a distribuidora execute algumas atividades remotamente e forneça novos serviços.

READ  CEO do Banco do Brasil diz comunicação ruim com o Bolsonaro sobre fechamento de agências

A instalação dos medidores inteligentes será parcialmente financiada com recursos do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel (R $ 121 milhões) enquanto a Enel financiará o investimento adicional.

A Enel espera concluir a primeira fase do projeto até setembro de 2021. Os clientes não pagarão uma taxa de substituição do medidor e serão apoiados por uma campanha de informações abrangente. A mudança de medidores, realizada por pessoal qualificado, estará em conformidade com todas as restrições locais da Covid-19 em vigor durante o período de substituição.

Os medidores inteligentes aplicam tecnologia de comunicação integrada, permitindo que os dados de consumo sejam lidos remotamente. Os clientes terão fácil acesso aos seus dados de consumo de energia e não precisarão mais depender exclusivamente da conta de luz como é o caso hoje com os medidores convencionais, amplamente utilizados em todo o país. Assim que o sistema de medição inteligente e a nova funcionalidade do aplicativo estiverem totalmente operacionalizados, os clientes poderão monitorar seu consumo diário de intervalo por meio do aplicativo móvel da Enel São Paulo, permitindo um uso mais eficiente da energia. Além disso, o aplicativo também contará com outras funções como ativação de alertas para níveis de consumo, notificação de alterações no ICMS (Imposto sobre as transações de circulação de mercadorias e prestação de serviços de transporte e comunicações entre estados e entre municípios, Imposto brasileiro sobre comércio e serviços) taxas de imposto. Esses recursos oferecem ao cliente mais opções de ajuste de seus hábitos de consumo e economia no orçamento familiar. A atualização do aplicativo, que inclui essas novas funções, estará disponível para os clientes que fazem parte do projeto em 2021.

READ  Apex Brasil & Elets organiza AgriTalks, Webinar sobre Inovações Agropecuárias e Segurança Alimentar em 28 de setembro - Revista E-Government

A solução de medidor inteligente da Enel também oferece a capacidade de economizar contas de eletricidade sem a necessidade de cobrar com estimativas, aumentar a participação do cliente no processo e abrir oportunidades futuras para introduzir novos serviços e produtos de energia avançados, como estruturas tarifárias personalizáveis ​​(de acordo com o evolução do quadro regulatório das tarifas ao utilizador final). Por meio do serviço de leitura de consumos e demais atividades realizadas à distância, a empresa também utilizará os dados para rápida detecção e solução remota de interrupções, reduzindo a circulação de sua frota de veículos nos municípios de sua área de concessão, contribuindo para a redução do tráfego aéreo poluição.

O projeto está sendo executado pela Enel Distribuição São Paulo, em parceria com a Aneel, para ajudar no desenvolvimento de uma nova cadeia industrial no Brasil. Todos os medidores serão produzidos em São Paulo, nas unidades fabris de Sorocaba e em Vargem Grande Paulista, proporcionando oportunidades de emprego e renda ao país. Este é o primeiro medidor inteligente de produção da Enel na América Latina. O modelo, que será produzido no Brasil e instalado em São Paulo, inclui tecnologia desenvolvida pela Enel, que está há 20 anos no mercado de medidores inteligentes.

A solução implantada no Brasil terá projeto próprio, que é assinado pela famosa agência de design Chelles & Hayashi, responsável, entre outras obras, pela tocha olímpica dos Jogos Rio 2016. O medidor inteligente, desenvolvido para atender às necessidades locais e respeito, foi aprovado as características da rede elétrica e os requisitos das normas técnicas, pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO).

A Enel já instalou cerca de 45 milhões de medidores inteligentes em todo o mundo, na Argentina, Chile, Colômbia, Itália, Peru, Romênia e Espanha.

READ  Bolsonaro enfrenta investigação em meio a escândalo de vacina na Índia

Distribuição Enel São Paulo É a segunda maior distribuidora do país, respondendo por 10,3% do total de energia distribuída no Brasil e atendendo 7,8 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital paulista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *