Zara fecha sete lojas no Brasil e planeja fechar mais cinco – Econômica

(Foto: Divulgao / Zara Boulevard Shopping)

A rede de lojas de departamentos Zara, do grupo espanhol Inditex, passa por uma reorganização global com base em um foco maior nas vendas digitais que também inclui Fechar Lojas menores. O plano da empresa foi definido em 2020 e, no Brasil, começou no ano passado, com as lojas de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP) fechadas, apurou a State / Broadcast.

Neste ano, haverá bloqueio em mais cinco cidades: Vila Velha (ES), Uberlândia, São Bernardo (SP), Campo Grande (MS) e Goinia. Previsões por fonte prxima Nesse sentido, a rede contava com 49 lojas no país, de 56, antes da implantação do plano.

Em todo o mundo, a Inditex tinha cerca de 7.400 lojas antes da pandemia, um número que deve variar entre 6.700 e 6.900 após a reestruturação.

Os critérios de seleção das lojas que saem do portfólio da empresa são tamanho e localização. Manter estratégia para grandes lojas, com potencial Efeito positivo Estratégia corporativa online. Para atingir esse objetivo, essas instituições devem se modernizar.

As pequenas lojas, consideradas satélites e localizadas em cidades com menor fluxo de clientes, perdem relevância nesta nova localização.

A Inditex, grupo varejista dono das marcas Zara, Bershka, Pull & Bear e Massimo Dutti, anunciou em junho do ano passado o fechamento de 1.200 lojas em todo o mundo, um enxugamento acompanhado pela abertura de 500 lojas. Unidades.

As vendas do grupo caíram 44% no primeiro trimestre fiscal de 2020, em comparação com o ano anterior, devido à epidemia de Covid-19, de acordo com Jornal Engels Vigia. De fevereiro a abril de 2020, a Zara registou um prejuízo de 443 milhões de euros.

READ  Slipknot anuncia 2022 edições do Knotfest Chile e Knotfest Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *