Santos diz que os play-offs da Copa do Mundo de futebol são o desafio mais importante para mim como técnico de Portugal

O técnico de Portugal, Fernando Santos, descreveu as eliminatórias da Copa do Mundo como o desafio mais importante de seu mandato ao anunciar sua equipe na quinta-feira. Portugal enfrentará a Turquia em 24 de março no Porto, com os vencedores enfrentando Itália ou Macedônia do Norte cinco dias depois, em uma partida que determinará uma das três últimas equipes europeias restantes no Catar 2022, que começa em novembro.

O veterano atacante do Manchester United, Cristiano Ronaldo, foi convocado para a lista de 25 convocados, que começará os preparativos na segunda-feira. “É simples, precisamos vencer, nada mais importa”, disse Santos em entrevista coletiva.

“Este é o desafio mais importante que enfrentei como seleccionador de Portugal. Não o mais difícil, o mais importante. Temos de estar no Mundial pelo nosso povo. Os bilhetes esgotaram em minutos há mais de um mês. Sendo um factor chave e não podemos decepcioná-los.” Em seus oito anos como técnico de Portugal, o Santos venceu a Eurocopa de 2016 e chegou às oitavas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

O treinador está confiante de que sua equipe, que participou das eliminatórias depois de perder nas eliminatórias da última fase de grupos para a Sérvia, pode se classificar se ele mantiver a calma. “Estamos em uma espiral descendente de drama que não é positivo para nós”, disse Santos.

“Perdemos um jogo nos últimos sete. Houve coisas que não correram bem, mas não ganhámos um jogo frente à Sérvia”. Ficamos muito chateados com isso, mas agora é sobre pegar o positivo e vencer novamente. O talento ganha partidas, mas o time ganha campeonatos. Os jogadores sabem disso e estão com a mentalidade certa”.

READ  Transferência de Cristiano Ronaldo: Jorge Mendes descarta a transferência da Juventus para o Sporting neste verão

Guarda-redes: Rui Patricio (Roma), Anthony Lopez (Lyon), Diogo Costa (Porto).

Defesas: Cedric Soares (Arsenal), Diogo Dalot (Manchester United), João Cancelo (Manchester City), Gonzalo Inácio (Sporting Lisboa), José Fonte (Lille), Pepe (Porto), Nuno Mendes (Paris Saint-Germain), Rafael Guerreiro. (Borussia Dortmund). Médios: Danilo (Paris Saint-Germain), Ruben Neves (Wolverhampton), William Carvalho (Betis), Bruno Fernandes (Manchester United), João Moutinho (Wolverhampton), Mateos Nunes (Sporting Lisboa), Otavio (Porto), Bernardo Silva ( Manchester). cidade).

Atacantes: André Silva (RB Leipzig), Cristiano Ronaldo (Manchester United), Diogo Jota (Liverpool), Gonzalo Guedes (Valência), João Félix (Atlético de Madrid), Rafael Leão (AC Milan).

(Esta história não foi editada pela equipe do Devdiscourse e é gerada automaticamente a partir de um feed compartilhado.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.