redação | Universidade Estadual de Indiana

Formação de artistas de companhia de dança profissional, Febre Brasiloferecerá oficinas de música e dança para crianças locais na Benjamin Franklin Elementary School, master classes para estudantes da Indiana State University e oficinas para a comunidade da ISU e o público em geral de 10 a 13 de outubro.

A Universidade sediará o Viver Brasil em uma residência artística de quatro dias para celebrar o 50º aniversário dos Estudos Afro-Americanos (AFRI) e promover a compreensão intergeracional por meio das tradições da dança, música e contação de histórias afro-brasileiras. A residência culminará com uma apresentação noturna de música e dança de estudantes locais e artistas da comunidade com artistas da Viver Brasil.

Com sede em Los Angeles, Califórnia, o Viver Brasil é uma organização sem fins lucrativos especializada em música e dança afro-brasileira com experiência em ajudar a rejuvenescer comunidades por meio das artes.

Três eventos abertos ao público sem custo:

– Oficina de Dança Afro-Brasileira (com bateria ao vivo) às 19h da terça-feira, 11 de outubro, no grande estúdio de dança dentro do Edifício de Saúde e Serviços Humanos (use a porta da 5th Street/Across the Street do Holman Memorial Student Union).

– Palestra sobre “Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade / Ancestralidade of Ancestralidade / Ancestralidade , Bahia: Resistance in Motion”, às 15h, quarta-feira, 12 de outubro, na área de eventos do andar principal da Cunningham Memorial Library.

Apresentações do Viver Brasil com alunos do ISU às 19h de quinta-feira, 13 de outubro, no Auditório da Universidade.

A residência é possível em parte por meio de uma Bolsa de Apoio ao Projeto de Artes financiada pela Arts Illiana e pela Indiana Arts Commission, que recebe apoio do Estado de Indiana e do National Endowment for the Arts. O projeto de subsídios “Ouvir Gerações: Dançando os Ritmos da Juventude e Cantos dos Anciãos” visa reconhecer e celebrar 50 anos de currículos, subsídios e programas inovadores fornecidos pela AFRI Studies para a ISU, ao mesmo tempo em que expande o alcance da comunidade para o enriquecimento educacional e o desenvolvimento da juventude e fortalecimento das relações intergeracionais.

READ  Bolsonaro busca a reeleição em discurso na ONU

disse Colin Haas, principal membro do corpo docente do programa de Estudos Afro-Americanos e Africanos da ISU. “O grupo fará oficinas públicas inspiradoras e produtivas no campus e criará celebrações comunitárias que ressoam com alegrias e interesses em nosso bairro”.

A gama de danças da ViverBrasil é baseada na história cultural e nos movimentos de justiça social dos afrodescendentes do Brasil e do mundo. Leva as tradições culturais e seus valores inerentes para além do palco e para o mundo contemporâneo. Professores artistas e performers estão equipados para envolver todas as idades na vibrante e lendária palavra do ritmo e da dança. O afro-brasileiro que ressoa com os tempos contemporâneos.”

Apoio adicional é fornecido pelo University Endowment for the Arts Committee da Indiana State University, bem como pela Community School of the Arts, Charles E. Brown Center for African American Cultural, Cunningham Memorial Library, College of Arts and Sciences e African Americans e africanos. Departamento de Estudos, Departamento de História e Música, Departamento de Línguas, Literatura e Linguística.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.