Os trajes mais famosos do cinema de Hubert de Givenchy

Hubert de GivenchySua cooperação com o mundo do cinema é inseparável de sua amizade com ele Audrey HepburnEle o conheceu em 1953, quando uma jovem atriz o convidou para desenhar suas próprias roupas Billy Wilderde Sabrina. Depois de alguns vestidos de musselina perfeitamente executados mais tarde, as duas amigas tornaram-se inseparáveis, tanto no set quanto na vida cotidiana. Suas criações, com suas linhas e volumes flexíveis e harmoniosas, inspiradas na obra arquitetônica de seu ídolo, Christopher BalenciagaIdeal para o cinema, adapta-se a combos e movimentos ao mesmo tempo que proporciona ao utilizador uma elegância sem esforço. Audrey Hepburn foi a primeira a dizer que ele deu a ela um “look, kind, silhouette” que ficou gravado na memória da moda.

Sabrina, 1954

Foi em um conjunto de Sabrina Qual qual Hubert de GivenchyAmizade com Audrey Hepburn Ele nasceu, uma amizade que durou até sua morte. A atriz de 24 anos, que acabava de ganhar um Oscar, teve o direito de escolher a fashionista que faria seus figurinos, e a princípio pensou em recorrer a Christopher Balenciaga. Muito ocupado fazendo um grupo, ele enviou uma jovem para Hubert de Givenchy, Que montou sua grife há quase um ano. Então a mágica aconteceu. Embora seja apenas um estilista americano Edith Head Ele é creditado com o figurino do filme, e é seu vestido longo branco bordado com flores Hubert de Givenchy Para a atriz, ele se tornou o primeiro símbolo de uma longa colaboração.

© George Rinhart / Corbis via Getty Images

Ola tristeza, 1958

Vestir Jane Seaberg E a Deborah Kerr Nisso Auto Preminger adaptação Francoise Saganum romance Hubert de Givenchy Ele escolheu o estilo riviera indiferente dos anos 1960: camisas grandes de algodão ou linho, vestidos de noite com um design arquitetônico que combinam perfeitamente com o busto e os detalhes eram transparentes e completos GivenchyComo a peça híbrida que ele está vestindo Deborah KerrA meio caminho entre a camisa e o robe.

Cara engraçada, 1957

Para sua segunda grande colaboração, Hubert de Givenchy Vestido Audrey Hepburn Como uma jovem livreira americana, ela viaja para Paris, onde se torna modelo para um grande estilista. Colabore novamente com Edith Head, Que foi responsável por grande parte dos figurinos do filme, mas desta vez levou todo o crédito pelas criações que desenhou HepburnDesde a roupa de livreiro até a elegante roupa de noite parisiense que ela usa, incluindo, é claro, as icônicas calças pretas e a roupa de gola alta.

Paramount / Copal / Rex / Shutterstock

Café da manhã na Tiffany’s, 1961

Esta é talvez a colaboração mais famosa entre um designer de moda e o mundo do cinema. foto Audrey Hepburn Gostar Holly GuletlyProve o croissant na frente Tiffany Uma janela em um longo vestido de smoking preto, um grosso colar de pérolas e um grande par de óculos escuros no nariz e cabelos presos em um nó alto com uma coroa, ela permanece gravada na história, encarnando toda a elegância e indiferença da personalidade.

© Mondadori via Getty Images

Charada, 1963

Terno vermelho elétrico com chapéu de tigre, casaco amarelo mostarda, traje de esqui recheado típico dos anos 1960 e uma capa de chuva simples para usar com um capuz completo Regina LambertGuarda-roupa totalmente estiloso neste Stanley Donen Filme. Os trajes coloridos contribuem muito para o dinamismo do personagem que você interpreta Audrey HepburnEla está tentando resolver um mistério relacionado ao desaparecimento de seu marido em Paris na época.

Traduzido por Freya Doggett

Também na Vogue.fr:
Audrey Hepburn, não se esqueça como Sabrina

READ  Dubai recebe um festival de compras e shows de drones

Famosa amizade de Audrey Hepburn e Hubert de Givenchy em 25 fotos vintage

Os trajes mais modernos de Jean Paul Gaultier no cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *