O Fórum de Riad explora negócios e relações comerciais saudita-brasileiras

A Arábia Saudita foi nomeada “País Mais Melhorado em Geral” no Índice de Propriedade Intelectual da Câmara de Comércio dos EUA

RIAD: A Arábia Saudita foi nomeada “País Mais Melhorado Globalmente” na 12ª edição do Índice Internacional de Propriedade Intelectual da Câmara de Comércio dos EUA.

O relatório foi divulgado em 2 de Março e sublinha as muitas conquistas do Reino. O Vice-Presidente para Assuntos do Médio Oriente da Câmara de Comércio dos EUA, Steve Lutz, disse ao Arab News que a Arábia Saudita fez grandes progressos no sector da tecnologia durante o ano passado.

“Especificamente, penso que este ano o Reino assinou alguns tratados internacionais importantes e fez alguns outros progressos, tanto no lado da aplicação como em alguns outros indicadores”, disse Lutz à margem da conferência LEAP 2024.

E acrescentou: “O avanço do Reino na classificação dá mais confiança aos investidores”.

Lutz prosseguiu dizendo que a autoridade pretende encorajar parcerias com a comunidade empresarial, o governo e a academia na Arábia Saudita para impulsionar a criação de uma economia diversificada e baseada no conhecimento, em linha com a Visão 2030.

Lutz acrescentou que a Câmara de Comércio dos EUA leva em conta mais de 50 indicadores ao classificar os países.

“Parte disso parece muito marginal. Mas, na verdade, quando você pensa sobre isso de uma perspectiva econômica, esses são fatores muito importantes porque são essas coisas que as empresas olham. Meu endereço IP será seguro? Será protegido? Será que o regras serão aplicadas? “Ele disse. Vice-presidente: “É aqui que você pode investir em valor e inovação.”

O Reino atribui um total de 2 milhões de dólares em todas as rondas de financiamento atribuídas a empresas de inteligência artificial e mais de 3 mil milhões de dólares em proporção ao produto interno bruto, ocupando o 31º lugar no Índice Global de Inteligência Artificial.

“Estamos analisando isso num momento em que governos de todo o mundo estão começando a lidar com estruturas regulatórias para IA. A Câmara encomendou um relatório que se destinava em grande parte ao público doméstico e continha algumas recomendações políticas sobre o assunto”, disse Lutz. .

Um relatório do Centro Europeu para a Economia Política Internacional e da Câmara de Comércio dos EUA intitulado “A Oportunidade da Inteligência Artificial: Melhorar a Produtividade e o Crescimento na Arábia Saudita” está programado para ser lançado em Março.

O estudo incluirá detalhes que abrangem os benefícios da inteligência artificial para o Reino, dotações e estruturas da indústria digital, e futuras políticas de inteligência artificial.

“Tem algumas análises sector a sector onde pensamos que pode ser o mais impactante. No entanto, na minha opinião, a maior mensagem é para os decisores políticos”, disse ele, acrescentando: “Uma dessas mensagens é investir, por exemplo, em capital humano. Você tem uma força de trabalho que está pronta para pegar essas tecnologias e trazê-las para operações governamentais e comerciais e vê-las implantadas. Então, quando se trata de setores, eu acho, você sabe, saúde e educação são os dois setores que têm foi destacado em particular como tendo o maior potencial.

Lutz acrescentou que esta é a primeira vez que participa do LEAP, e já está na sua terceira edição, e a câmara está cooperando com o Ministério das Comunicações e a Autoridade Saudita de Dados e Inteligência Artificial.

“Estamos na conferência LEAP e a propriedade intelectual é fundamental para isso. Portanto, parabéns ao Reino este ano. E acho que a nossa mensagem é não descansar sobre os louros. Vamos continuar a trabalhar juntos para ver se conseguimos continuar a ver o Reino também sobe neste indicador.”

O LEAP, que será realizado em Riade de 4 a 7 de março, é um importante evento anual de tecnologia estabelecido em 2022 pelo Ministério das Comunicações e Tecnologia da Informação. Reúne profissionais líderes do setor para deliberar sobre o futuro da indústria e as oportunidades inovadoras que temos pela frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *