Ministro do Esporte do Brasil quer interromper todos os jogos do campeonato em meio a enchentes

O Ministro do Esporte do Brasil, André Vuvoca, pediu à Confederação Brasileira de Futebol que suspenda temporariamente todas as atividades futebolísticas após o desastre natural sem precedentes que atingiu o Rio Grande do Sul, o estado mais meridional do país, que faz fronteira com a Argentina e o Uruguai. Relatórios da ESPN.

Pelo menos 85 pessoas morreram, 372 ficaram feridas, 131 ainda estão desaparecidas e mais de 159 mil pessoas foram deslocadas das suas casas na sequência das chuvas torrenciais que provocaram inundações generalizadas no estado na semana passada, segundo dados do governo local. . Conforme noticiado, a Confederação Brasileira suspendeu jogos envolvendo times gaúchos, sendo afetados os times da Série A Grêmio, Internacional e Juventude.

Vuvouka acredita que isto não é suficiente e que todas as competições nacionais de futebol, incluindo o futebol masculino e feminino, deveriam ser temporariamente interrompidas.

“Dado o trágico cenário geral e as terríveis consequências causadas pelas enchentes sobre os moradores do Rio Grande do Sul, apelaremos à Confederação Brasileira de Futebol pela suspensão temporária dos campeonatos brasileiros de futebol masculino e feminino”, disse Vuvoka à ESPN Brasil.

E acrescentou: “Isso deve parar. É uma perda humanitária e esportiva. Uma pausa de duas semanas seria razoável. Enviaremos uma mensagem na sexta-feira à Confederação Brasileira para nos colocarmos à disposição para o diálogo e encontrarmos um caminho comum”.

READ  Crypto.com lança transferências bancárias em BRL e português do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *