Ministro diz que Brasil terá orçamento de infraestrutura muito maior para 2023

a governo brasileiro O orçamento de infraestrutura será de R$ 20 bilhões (US$ 3,7 bilhões) para este ano, segundo Renan Filho, o novo ministro dos Transportes do país.

A semana viu Filho assumir o Ministério dos Transportes após ser indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tomou posse no domingo.

O ministro revelou o valor do orçamento em entrevista ao jornal local O Estado de São Paulo.

O valor é quase o triplo do que foi para a área de infraestrutura nos anos anteriores, 6 bilhões de riais.

A expansão do orçamento será possível devido à recente aprovação pelo Congresso de emenda constitucional para aumentar o teto de gastos do governo em 145 bilhões de riais para o ano de 2023.

“Vou apresentar um plano de 100 dias para o país. Nesse plano, abordaremos principalmente cinco aspectos”, disse Filho.

Ele deve retomar o trabalho de infra-estrutura paralisado, modernizar as redes rodoviárias do Brasil, preparar os portos para os meses de pico (janeiro-março) para embarques de grãos, preparar para a estação chuvosa e fortalecer a capacidade do governo de responder a desastres naturais.

O ministro disse ainda que vai ser analisada a eficácia do actual sistema de licenciamento de projectos ferroviários. Implementado no final de 2021, ele permite que empresas privadas construam e operem redes ferroviárias de curta distância usando direitos de passagem de propriedade do governo, evitando longos processos de licitação. Ele deu a entender que o governo Lula poderia favorecer um modelo híbrido com investimento privado e público para projetos de longo prazo.

Lula, que é um ferrenho defensor de que o Estado desempenhe um papel importante na economia e defende mais investimentos públicos em infraestrutura, dividiu o antigo ministério de infraestrutura em duas partes: um ministério de transportes – supervisionando ferrovias e rodovias – e um ministério de portos e aeroportos .

READ  Wilson Sons Brasil SA: Estudo inédito da Wilson Sons aponta 528 startups do setor marítimo e portuário no mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *