Top News

Cruzeiro e Guarani jogam jogos “elétricos” e empatam no Mineirão

O técnico Luis Felipe Scolari fez 72 anos hoje (9), dia em que o viu Viagem marítima Empatou 3 a 3 com o Guarani, no Mineirão, na 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado da partida não foi exatamente o melhor presente do treinador, mas o Raposa não perdeu e somou uma pontuação.

A partida no Gigante da Pampulha foi bastante movimentada, marcando seis gols, sendo expulso após uma partilha de um guarani e até uma discussão sobre como sair.

No dia do seu aniversário, Luiz Felipe Scolari era um personagem muito conturbado na entrada do campo, gritando, apontando e direcionando os jogadores do Cruzeiro, que estavam três vezes atrás no placar e precisavam mostrar sua força na reação.

A intenção do treinador era somar seis pontos em casa, já que disputou duas partidas consecutivas em casa. Ao lado do Guarani, o Figueirense enfrenta a próxima sexta-feira, às 21h30.

O empate deixa o Cruzeiro na 15ª colocação com 24 pontos. Boger está em 13º com 25 pontos.

Quem se saiu bem: Morello Rangel

O meio-campista fez dois gols na partida, primeiro pelo tabuleiro, do ângulo de Fábio. O segundo em jogada bem construída para o jogo ofensivo, com troca de passes entre Crespem e Giovanni, até que o chute de Murillo Rangel sacudiu a rede de Fábio.

Quem está errado: Patrick Brie

O zagueiro tem dificuldades para fazer gols e é mais consistente no ataque, a ponto de amenizar seu péssimo desempenho com a ajuda do terceiro gol de Wellinton no Cruzeiro. Porém, o Lado Esquerdo Celestial foi claramente um veículo para os Guarani construirem suas jogadas ofensivas. E para as faltas de Brie, Boger marcou duas vezes.

Interceptador e expulsão

Cruzeiro ficou para trás no placar [2 a 1] Quando, em um jogo de oportunismo e bom posicionamento na área, Willian Pottker fez o que o técnico Filipao e a torcida do Celestial muito esperavam: Gol.

READ  Prêmio Puskas? Sobies analisa o gol do Cruzeiro no meio-campo e diz: "Uma pequena marca já foi aceita" Viagem marítima

O atacante, que estreou no Botafogo-SP, fez sua estreia no Mineirão pelo Cruzeiro, marcando em sua segunda grande oportunidade. Pouco antes, Potker acertou na trave de cabeça, após cruzamento de Raul Cáceres. Era 2 para 2 naquela época.

Além do gol, o jogador também recebeu o cartão vermelho. O atacante foi expulso aos oito minutos do segundo tempo em uma jogada boba do árbitro. Enquanto controlava a bola, de costas para a marca, Butker abriu com o braço e Giovanni caiu na grama sem ao menos se machucar, conforme mostrado na TV, enganando o árbitro que havia caído em sua mão.

Em cinco minutos, Willian Pottker recebeu dois cartões amarelos e, portanto, um cartão vermelho.

Cadê o Manuel?

O jogo foi reiniciado no segundo tempo sem o defesa Manuel em campo. O cruzeiro demorou mais para voltar do vestiário porque precisava de mais tempo no banheiro.

Cronologia do jogo

Aos 14 minutos do primeiro tempo, o meia Murillo Rangel fez um gol maravilhoso. O guarani recebeu passe das costas Cristovam e inicialmente “despertou a coruja” ao acertar no canto esquerdo de Fábio.

Aos 20 minutos, o Cruzeiro igualou o zagueiro Manuel de cabeça, após cobrança de escanteio de Regis.

Aos 38 minutos, a equipe de Bidou “cruzou” a cabeça do meia Pablo, que pegou Fábio no contra-ataque e colocou Guarani na frente.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, o Cáceres foi cruzado e Sasa participou com o goleiro Gabriel, deixando a bola para Willian Pottker, que empatou na partida: 2 a 2.

Aos 5 minutos do segundo tempo, o meia Murillo Rangel fez o terceiro gol do Guarani, e o segundo na partida, após uma trama ofensiva que começou com Krispeam, passou por Giovanni, até terminar com um chute especial de Rangel.

READ  Paolo Rossi, ex-atacante italiano do Brasil, morre na 82ª Copa do Mundo Futebol internacional

Aos 11 minutos, o atacante Willian Pottker foi expulso após simulação de Giovanni.

Aos 34 minutos, o menino Wellington fez o empate para o Cruzeiro e salvou a equipe de Luis Felipe Scolari da derrota: 3 a 3.

Ficha de dados

Cruzeiro Guarani 3 × 3

Razão: 21ª rodada do campeonato brasileiro B
Adoçado: Minirao, em Belo Horizonte
dados: Segunda-feira, 9 de novembro de 2020
Regra: Patrice Wallace coreano Maia (rj)
Ajudantes: Silbert Faraya Sisi Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
Objetivos. Manuel, 20 minutosWilliam Potker, para mim 44 minutos Aja 1ºT; Wellington, para mim 34min Aja 2ºT (Viagem marítima); Morello Rangel 14 minutos, Pablo, para 38min Aja 1ºT; Morello Rangel 5 minutos Aja 2ºT (Guarani)
Cartões amarelos: William Potker, Às 8 horas e às 11 minutos Aja 2ºT (Viagem marítima); Christofam, para mim 29min Aja 2ºT (Guarani)
Cartão vermelho: William Potker, para mim 11 minutos Aja 2ºT (Viagem marítima)

Viagem marítima: Fabio. Raul Caceres, Kaká, Manuel e Patrick Brie; Ramon (Philip Machado, aos 29 minutos do Q 2o) e Jadsum Silva; Orton, Regis (Wellington, 18 minutos Q) e William Potker; Sasa. Treinador: Louise Felipe Scolari

Guarani: Gabriel Mesquita, Cristovam (Eliel, a 34 minutos do 2 Q), Victor Ramon, Wolper e Bidu; Bruno Silva (Matthews Souza, aos 44 minutos do segundo Q), Lucas Crespim e Murillo Rangel (Marcelo, aos 33 minutos do segundo Q); Pablo, Renanzino (Giovanni, no primeiro tempo) e Bruno Savio (Alemanha, aos 44 minutos do segundo tempo). Técnico: Marcelo Barbosa (Felipe Conceição suspenso)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *