Concorrência pressiona os maiores bancos do Brasil

Os principais bancos brasileiros, há muito conhecidos por suas altas taxas, apesar dos ocasionais protestos públicos, estão correndo para se modernizar em meio aos desafios impostos pelas baixas taxas de juros, as consequências da epidemia e novos competidores digitais. Tempos financeiros Eu mencionei (FT).

“O setor bancário brasileiro está mudando rapidamente e isso é muito bom tanto para os consumidores quanto para os chamados bancos convencionais”, afirmou. Itaú Unibanco Diretor-executivo Milton Mallouhi, Por pé. Mas ele reconheceu: “Precisamos ser mais rápidos e melhores em nossos produtos e serviços para vencer a concorrência”.

FT relatou que os recém-chegados são como Nubank“Rhino in Brazil for Internet Banking”, apresenta desafios para cinco grandes bancos tradicionais: Itaú, Pradisco, Santander Brasil, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Os bancos convencionais estão cortando custos fechando agências e demitindo funcionários, de acordo com o Financial Times, enquanto os reguladores estão tomando suas próprias medidas para aumentar as opções disponíveis para o público bancário. Um desses esforços é a iniciativa de banco aberto do banco central do país, que visa dar aos clientes maior controle sobre os dados.

O Financial Times também noticiou que em novembro o banco central do Brasil lançou um sistema de pagamento instantâneo gratuito para pessoas físicas chamado Pix. O sistema ajuda os indivíduos a evitar taxas associadas a contas correntes e transferências eletrônicas.

“Há um grande debate acontecendo no Brasil [on] O que acontecerá com a lucratividade dos grandes bancos, ” Banco americano analista Mario berry Ele disse ao FT. “Agora que as taxas de juros estão baixas, eles não podem sobreviver comprando títulos do governo – eles precisam começar a emprestar mais.”

READ  Corio e Servtec lançaram cinco projetos de parques eólicos offshore no Brasil

Em resposta, os principais bancos estão copiando algumas das ofertas populares de empresas emergentes de fintech, como corretagem online, bem como aquisições de empresas inovadoras menores, de acordo com a FT.

O empréstimo familiar médio tem taxa de juros de 22%, e o empréstimo empresarial médio vem com taxa de juros anual de 11,3%, informa o Financial Times, citando dados do Banco Central do Brasil.

“As taxas de empréstimos ainda estão muito altas e agora estão caindo com o tempo – é um processo”, relatou o Financial Times. Ilan Goldfein, Chefe de Crédito suíço No Brasil, um ex-presidente do banco central, disse ele.

———————————

Estudo PYMNTS: Descartes de produtos: o novo jogo de transformação do varejo – 2021

sobre estudar: O estudo PYMNTS Product Drops examina como os consumidores participam de eventos como lançamentos de produtos, vendas instantâneas e vendas privadas. O relatório é baseado em uma pesquisa equilibrada da população de 2.298 consumidores dos Estados Unidos e examina como os comerciantes podem usar eventos de vendas exclusivos para aumentar a conversão e criar experiências interativas do cliente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.