Boehringer busca distribuição e prevenção para avançar no mercado pet brasileiro

Animal saadi

O mercado local é uma das empresas globais mais importantes, pois a sua quota de mercado não crescerá 2% no segundo trimestre

Riccardi Toggi


No mercado pet, que vem crescendo há muitos anos, há poucos espaços para explorar – ou oportunidades para a Boehringer Ingelheim (BI). Combine as famílias brasileiras de vez em quando com gatos e gatinhos discricionários, e há uma certa confusão quando a ajuda é boa para a prevenção. Foi aí que a empresa americana, vice-presidente do mercado pet no Brasil, extinguiu-se.

A principal recuperação é a consolidação da categoria de antiparasitários, com seu produto NexGard, seu uso em homens e as doses alocadas em R$ 75 contra R$ 200, que é praticamente dominante.

Em segundo lugar, José Carlos Pereira Jr., Diretor da Unidade Pets no Brasil, mercado crescente de valorização dos animais, enfrenta um grande desafio para ampliar o gosto dos consumidores por produtos de proteção. “O Brasil é um país com alto potencial de crescimento em todos os setores veterinários, mas há menos estrutura”, disse Pereira Junior. “Hoje, a maior parte dos animais de estimação do país, por exemplo, não tem acesso às corridas. Literalmente, são animais provenientes de alimentos humanos. Isso mostra que há muito espaço para crescimento.

Continue a propaganda

“Usamos o único medicamento oral resistente [ao mesmo tempo] vermes, pulgas, sarna e carrapatos. Nossa estratégia é acelerar o mercado de controle de parasitas, um de cada vez, criando verdadeiramente uma categoria de produto [entre os tutores]”, explicou Pereira. Nos segundos três meses deste ano, apenas um dos produtos das linhas, NexGard Spectra apresentou crescimento de 55,6% nas vendas, o que representa o segundo maior aumento de vendas para o Saudi Animal Sindicato Nacional da Indústria de Produtos (Sindan).

READ  O aumento dos preços do petróleo prejudicará a economia global à medida que a guerra na Ucrânia interrompe o fornecimento da Rússia

José Carlos Pereira Jr., Diretor da Unidade Pets da Boehringer Ingelheim no Brasil

A vantagem é que o mercado é favorável para empresas que não estão crescendo. Segundo acordo com o Pet Institute do Brasil (IPB), a taxa de crescimento desse mercado chegará a 16,2% em 2022, podendo chegar a R$ 60,2, com nova tendência de crescimento neste ano. Para acompanhar esta afirmação, os professores de animação são abordados através da estratégia Boehringer.

Continue a propaganda

FALE CONOSCO EM TODO O PAÍS Com nossas ações de marketing narrativo que têm sido divulgadas nos mais diversos meios de comunicação, destacando a importância do tratamento preventivo para a saúde e longevidade dos seus ossos. Há também preocupação em garantir a resiliência em todo o mundo. Atualmente, a BI está presente em mais de 90 milhões de locais de vendas em qualquer país. “Estamos sendo solicitados a tentar a implementação no ponto de venda. Você não será capaz de criar uma consciência de categoria se não puder fornecer um produto instantâneo imediatamente.

Nas semanas seguintes, Boehringer voltou-se para um novo projeto para a NexGard, após verificar os fatos de que o incidente de exibição da moda para animais de estimação seria agravado pelo cálculo de suas emoções e viagens. Tudo isso, afirma o executivo, trimestralmente, trimestralmente ou trimestralmente, é a maior força de vendas nesses segmentos.

A Vale Destacar é a divisão animal brasileira da Boehringer, que também inclui tratamentos de abate de animais, e é uma das principais empresas comerciais do mundo, presente em mais de 150 países. Agora, esta vertical de BI vale 4,6 mil milhões de euros, com a NexGard a responder por mais de mil milhões de euros em vendas a nível global.

as notícias
IM Negócios Agro

Cadastre-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo relacionado ao movimento ou ao mundo da agricultura, bem como de qualquer organização para aprimorar o conhecimento ao longo da semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *