Banco Central do Brasil eleva taxa de juros e promete aumentar junho | Notícias de negócios e economia

O banco está trabalhando para conter a inflação, que ultrapassou o teto da meta e atingiu o nível mais alto em quatro anos, à medida que os custos com alimentos e combustível aumentaram.

de Bloomberg

O banco central do Brasil aumentou sua taxa básica de juros em 75 pontos base e prometeu outro aumento de tamanho semelhante em junho, à medida que se move para trazer as expectativas de inflação de volta ao seu nível de meta.

O banco central votou por unanimidade na quarta-feira para aumentar a Selic em 75 pontos-base, para 3,5%, em linha com as estimativas de todos os 39 economistas em uma pesquisa da Bloomberg, bem como a orientação fornecida pelos legisladores em sua reunião anterior em março.

O conselho de administração do banco disse em um comunicado que acompanha a decisão: “Para a próxima reunião, o comitê espera a continuação do processo de normalização parcial com outra modificação de mesmo tamanho no grau de estímulo monetário.”

O banco, liderado por seu presidente, Roberto Campos Neto, está trabalhando para conter a inflação, que passou do teto da meta ao nível mais alto em quatro anos. Os custos com alimentos e combustível dispararam nos últimos meses, e o governo retomou recentemente a ajuda emergencial que aumentará a demanda. Juntos, os analistas veem os preços ao consumidor acima da meta neste ano e no próximo, apesar da recuperação inicial.

“É a decisão certa, pois ainda há riscos nas perspectivas de inflação”, disse David Becker, economista-chefe do Bank of America Corp, antes do anúncio do banco, citando energia e commodities no atacado como os principais motores da inflação.

READ  O ressurgimento da Covid-19 no Brasil está levando hospitais a um superávit

Ajudar os formuladores de políticas a combater a inflação é uma realidade mais forte. A moeda brasileira deu um salto de 5,5% no mês passado, o maior ganho entre as moedas de mercados emergentes, tornando as importações mais baratas.

No entanto, os preços ao consumidor subiram 6,17% no ano até meados de abril, e muitos economistas vêem a leitura perto de 8% em maio. O banco central tem meta de inflação anual de 3,75% neste ano, com faixa de tolerância de mais ou menos 1,5 ponto percentual.

No mês passado, o governo do presidente Jair Bolsonaro começou a pagar outra rodada de salários mensais a um custo total de 44 bilhões de riais (US $ 8,2 bilhões). Os legisladores indicaram recentemente que procurariam estender essa ajuda se o governo não acelerar os planos para um novo programa social, visto que o coronavírus continua a se espalhar pelo país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *