Vendas no mercado de PCs cairão 2% em 2022, diz IDC Brasil

Segundo a IDC Brasil, no ano passado, o mercado de PCs vendeu 2% menos aparelhos do que em 2021, gerando um faturamento de R$ 33 bilhões – 10% a menos do que em 2021. No segundo ano Dez meses para 2022, cerca de R$ 8,6 milhões foram vendidos computadores, dos quais cerca de 6,51 milhões de laptops e 2,4 milhões de desktops, com queda de 7% e 20%, respectivamente, além de 38 mil workstations (alta de 59%).

O volume de varejo foi de 4,4 milhões de aparelhos vendidos no ano, uma queda de 13% em relação a 2021. No mercado corporativo, a quantidade de aparelhos vendidos no mercado corporativo totalizou 4,15 milhões de unidades, um aumento de 15% na mesma comparação. Quanto aos preços, em 2022 o custo médio de um desktop é de R$ 3.394,00 e de um laptop R$ 3.946,00, valores 2% e 10% mais baixosdo que em 2021.

De acordo com o IDC Europe PCs Tracker 4T2022, somente no último trimestre de 2022, 2,2 milhões de PCs foram vendidos na Europa, uma queda de 15% em relação ao mesmo período de 2021. Desse total, são 1,62 milhão de laptops e 511 mil dispositivos. computador portátil. desktops, refletindo, respectivamente, uma queda de 20% e um aumento de 4% em relação a outubro, novembro e dezembro de 2021. Em termos de receita, O total do quarto trimestre do ano passado foi de cerca de R$ 7,5 bilhões35% a menos que nos mesmos três meses de 2021.

Para o ano de 2023, no setor empresarial, e mais especificamente nas áreas de governo e educação, começa o momento de planejar novas licitações governamentais. Por isso, a IDC espera que tais leilões ocorram apenas no segundo semestre deste ano. Para o consumo, neste início de ano com os canais varejistas apresentando grande estoque, 2023 será um ano bastante desafiador para o setor.

READ  Ezjan Alewski planeja fechar a carreira de Ronaldo em Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *