Uma aeronave SAS Airbus A320neo sofreu um pouso forçado e parada do compressor em Portugal

Uma aeronave SAS Airbus A320neo sofreu um estol de descompressão do motor esquerdo como resultado de um pouso íngreme devido ao cisalhamento do vento na Madeira, Portugal.

O Airbus A320-200neo com registo SE-ROE estava na sua última rota para o voo SK2901 de Estocolmo para o Funchal. No entanto, durante a aproximação final, a aeronave encontrou cisalhamento do vento, resultando em um pouso difícil.

Devido ao pouso forçado, o motor esquerdo travou o compressor e saltou. Então, o voo SK2901 começou a voar e entrou em padrão de espera.

Depois de esperar cerca de 20 minutos, os pilotos acabaram por decidir desviar para Las Palmas, onde o avião aterrou em segurança cerca de 90 minutos depois na pista 03L.

Os passageiros relataram um pouso forçado e o capitão atribuiu isso à exposição ao vento. Durante a rotação, o motor esquerdo emitiu “fumos” incomuns, solicitando a manobra preventiva.

O acidente, documentado no relatório piloto, sublinha o papel crítico que o cisalhamento do vento pode desempenhar na segurança da aviação. Ninguém foi ferido no acidente.

READ  1-A atualização do Banco do Brasil permanece aberta ao dimensionamento da rede de agências, afirma CEO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *