Telefônica Brasil revela crescimento de capex, receita média por usuário (ARPU), receita e crescimento de assinantes em 2023

Em um documento recente, a Telefônica Brasil, uma importante empresa de telecomunicações, revelou as principais métricas financeiras, incluindo despesas de capital (Capex), receita média por usuário (ARPU), receita e crescimento de assinantes para 2023.
Crescimento dos negócios da Vivo no Brasil 2023A empresa informou que o total de investimentos totalizou R$ 8.960 milhões, representando uma redução de 6% em relação ao ano anterior. Além disso, as despesas de capital representaram 17,2% das receitas, indicando uma ligeira diminuição de 2,6 pontos percentuais em relação ao período anterior.

Durante o quarto trimestre de 2023, as despesas de capital atingiram R$ 2.295 milhões, uma queda de 7,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Estas despesas representaram 17,0% do resultado operacional líquido do trimestre, refletindo uma redução de 2,7 pontos percentuais.

A Telefônica Brasil disse que os investimentos foram direcionados principalmente para o fortalecimento da infraestrutura de rede móvel, resultando em uma expansão significativa da cobertura 5G em 173 cidades, incluindo 47 por cento da população do Brasil. Além disso, foram realizados investimentos para expansão da rede de fibra.

A rede Fiber to the Home (FTTH) da Vivo atingiu 443 cidades, passando por 26,2 milhões de lares, representando um crescimento de 12,4 por cento. O número de lares ligados à rede FTTH ascendeu a 6,2 milhões, reflectindo um crescimento de 12,6%.

A Telefônica Brasil confirmou seu compromisso com investimentos de capital, em linha com as diretrizes da empresa, excluindo licenças e aluguéis (IFRS 16), que visa atingir até R$ 9 bilhões em 2023.

A base total de clientes da empresa atingiu 113 milhões de acessos, dos quais 99 milhões eram acessos móveis. Notavelmente, no segmento pós-pago, a Telefônica Brasil adicionou 1,4 milhão de acessos no quarto trimestre de 2023, mantendo uma taxa de cessação historicamente baixa de 0,97%.

ele ganhou

Financeiramente, a Telefônica Brasil registrou forte crescimento na receita líquida, que aumentou 6,9 por cento, impulsionada principalmente pelas receitas de serviços móveis, que cresceram 8,7 por cento. As receitas fixas também apresentaram um desempenho positivo, crescendo 3,5%, suportadas pelas receitas de FTTH, que aumentaram 16,5%, e pelas receitas de dados empresariais, TIC e outras, que aumentaram 9,9%.

O lucro líquido de 2023 atingiu R$ 5.029 milhões, refletindo um aumento significativo de 23,1% em relação ao ano anterior.

O crescimento das receitas de serviços móveis, impulsionado principalmente pelas receitas pós-pagas, que aumentaram 11,3 por cento, confirma o forte desempenho da empresa neste sector. A receita pós-paga representa 82,6% da receita de serviços móveis, com a receita pós-paga atingindo um mínimo histórico e atingindo a maior média por usuário (ARPU) dos últimos quatro anos.

O crescimento da receita fixa deveu-se principalmente a um aumento significativo na receita fixa básica, que expandiu 9,5% e representou 80,9% da receita fixa. O foco estratégico da empresa em negócios digitais de fibra e B2B contribuiu para esse crescimento.

Destaca-se especialmente o desempenho da Telefônica Brasil no segmento FTTH, onde a receita e a receita média por usuário (ARPU) tiveram crescimento significativo. A empresa expandiu sua rede FTTH, conectou novos clientes e expandiu sua cobertura para outras cidades, impulsionada pelo sucesso de sua oferta convergente de fibra e pós-pago, Vivo Total.

Baburajan Kezakidath

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *