SG e-sports retorna ao Dota 2 e assina com a Seleção Brasileira

A Seleção Brasil ressuscitou das cinzas do NoPing e-sports com a partida da organização Dota 2 Atrás e largou a lista inteira. Todos os jogadores permaneceram juntos, jogando em mais de um punhado de torneios e se colocando no elenco de times sul-americanos para ver o caminho a seguir.

Essa dedicação agora é recompensada porque a SG e-sports assinou oficialmente com o Brasil e está reingressando Dota Depois de mais de um ano de inatividade.

A SG é bem conhecida como a organização que pôs fim a uma seca de dois anos para as equipes da África do Sul, aparecendo no Kiev Major 2017 e enfrentando adversários como Evil Geniuses e Team Secret. Também se tornaram a primeira seleção brasileira a participar do organizador Major Valve com nomes como Otávio “Tavo” Gabriel, Adriano “4dr” Machado e Emilano “c4t” Ito naquele grupo.

A organização permaneceu relevante por um pouco mais de tempo, competindo com algumas das listas ascendentes e futuras na região antes de não conseguir se classificar para o The International 2019 em julho passado e se desintegrar logo depois.

SG assediou algo em seus sites de mídia social Alguns dias atrásMas não houve anúncio oficial até hoje, quando eles confirmaram este Dota Relacionada e posteriormente confirmada a aquisição do Brasil.

Matthews Deniz ainda será o capitão da Seleção Brasileira e isso também marca o retorno do 4dr ao plantel depois de jogar em outro lugar por vários anos.

  1. Guilherme “Costabile” Costábile
  2. 4d
  3. Danilo “Kingrd” Nascimento
  4. Thiago “Thiolicor” Cordero
  5. KJ

Esperançosamente, esta assinatura será benéfica para ambos os lados, já que SG se prepara para lutar contra o Thunder Predator na Movistar Liga Pro Gaming Finals de amanhã, antes de passar para o próximo evento.

READ  Marselha Sampaoli nomeado novo treinador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *