Salvando uma onça de caçadores furtivos em filme brasileiro

Um leopardo-pintado ameaçado de extinção resgatado de caçadores furtivos é uma das estrelas de um longa-metragem que será lançado em breve e filmado na Amazônia brasileira, disseram autoridades.

Uma gata selvagem de 15 meses chamada Katarina interpreta a mãe de um filhote perdido encontrado por duas crianças em “Taina 3” – uma história de aventura sobre uma menina indiana de 8 anos que sonha em se tornar uma guerreira e luta contra um contrabandista de madeira. empenhados em explorar a floresta tropical.

Agentes da cidade de Kuari resgataram Catarina em março de caçadores furtivos que pretendiam vendê-la a turistas estrangeiros por 30 mil reais (US$ 17 mil), disse Natalia Lima, do Ibama, o órgão de aplicação da lei do Ministério do Meio Ambiente. Lima não deu mais detalhes sobre a operação de resgate nem identificou os pescadores ou turistas.

O tigre passou quatro meses sob cuidados na sede do Ibama, em Manaus, e depois foi transferido para Santarém, no Pará, para filmagens.

A produtora de “Tayna 3”, Virginia Limberger, disse que Katarina é “um animal muito dócil que adora estar perto de pessoas, especialmente crianças”. “Foi muito fácil trabalhar com ela.”

Depois de completar seu papel no filme esta semana, Catarina foi transferida para sua nova casa, um abrigo administrado pela NEX, uma ONG do estado de Goiás cujo nome brinca com a frase “Não à Extinção”.

A NEX também cuida de um macho de onça-pintada chamado Chico, disse Cristina Gianni, presidente da agência.

“Espero que ele e Catarina formem um casal perfeito e se reproduzam”, disse Gianni.

READ  O jogo entre Colômbia e Brasil poderá sofrer um rompimento?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *