Terry Gilliam espera que Steven Spielberg mude a opinião do estúdio sobre o Brasil

Se você está interessado no drama dos bastidores de “Brasil”, você deve a si mesmo ler “Batalha do Brasil” Um texto definitivo sobre o assunto do colunista de longa data do Los Angeles Times, Jack Matthews. Lá, você aprenderá sobre o hilariante ataque público de Gilliam a Sheinberg e à Universal, que incluiu compras descuidadas de anúncios de página inteira na Variety pedindo ao estúdio para lançar seu filme em sua forma sem cortes. Gilliam acabou vencendo esta batalha graças em grande parte ao apoio de Matthews e às ótimas críticas do crítico de cinema do Los Angeles Times, Kenneth Turan.

O que você não aprenderá é que Gilliam tentou bajular Spielberg, que, em uma palavra, poderia ter mudado a opinião de Scheinberg. Em entrevista com Ponto de vistaDepois de um desfile de ternos da Universal que deixou executivos “com nó na nuca, vermelho de raiva”, revelou Gilliam, ele mostrou “Brasil” para Spielberg, que adorou. Três anos antes, Spielberg havia presenteado a Universal com o que era então o filme de maior bilheteria de todos os tempos em E.T. the Extra-Terrestrial. Ninguém tinha mais carisma neste estúdio, ou em toda Hollywood, do que Spielberg.

READ  Luke Grimes, estrela de "Yellowstone", é casado com modelo brasileira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *