Portugal está pronto para começar a vacinar crianças

Por TPN / Lusa, Notícia, COVID-19 10-08-2021 15:39:00 0 Comentários

Hoje, o Primeiro-Ministro parabenizou a Direção-Geral de Doenças e Nutrição por recomendar a vacinação universal para crianças entre 12 e 15 anos, lembrando que “está tudo pronto” para garantir que essa faixa etária seja vacinada antes do início do ano letivo.

“Estou muito feliz que a ciência tenha confirmado que é possível cumprir nosso dever de garantir a proteção integral de todas as crianças com mais de 12 anos”, escreveu Antonio Costa em uma mensagem postada em sua conta oficial no Twitter.

O Primeiro-Ministro respondeu ao anúncio hoje divulgado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), que preconiza a vacinação universal de crianças e jovens dos 12 aos 15 anos, não se limitando mais a casos específicos, como é o caso naqueles que sofrem de doenças graves.

“Tudo está pronto para garantir que duas doses de vacinas sejam administradas antes do início do ano letivo”, escreveu Antonio Costa hoje.

Ele observou que “as vacinas foram adquiridas, a logística está pronta e as datas estão definidas: os jovens entre 12 e 17 anos podem obter a vacinação completa até 19 de setembro”.

A Directora-Geral da Saúde, Graça Freitas, anunciou hoje em conferência de imprensa em Lisboa que “a Direcção-Geral da Alimentação recomenda que todos os adolescentes dos 12 aos 15 anos sejam vacinados”, sem necessidade de consulta médica.

Graça Freitas explicou que a decisão surge depois de analisar “novos dados que se tornaram disponíveis nos últimos dias”, nomeadamente os efeitos registados em “mais de 15 milhões de adolescentes vacinados nos Estados Unidos e na União Europeia” que revelaram casos “extremamente raros” de miocardite e pericardite.

READ  Ajuda para o seu mobiliário de jardim!

Levando em consideração os novos dados, a DGS decidiu estender a vacina contra a Covid-19 a todos os jovens dessa faixa etária, que devem começar a tomá-la em breve.



Artigos relacionados


Tópicos interativos, envie-nos seus comentários / opiniões sobre este artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *