O Palmeiras começa no segundo quarto, vence o Belbertad e segue para o meio-campo do Liberta

uma Palmeiras Classificação confirmada para as semifinais de Copa do Editor, Ao derrotar o Libertad (PAR) por 3 a 0, hoje (15), no Allianz Parque. O Verdau vai liderar sem gols, pois os times estavam em 1 a 1 em Assunção, mas Gustavo Scarpa, Ronnie e Gabriel Menino marcaram em campo e garantiram mais uma vitória sob Abel Ferreira.

Embora o Paraguai tenha se sentido particularmente desconfortável quando jogou por cima, o Palmeiras entrou no primeiro tempo para vencer por 1 a 0 e decolar na última fase, depois que Pires foi expulso por difícil entrada em Rafael Vega.

Com isso, a equipe aguarda agora o confronto ranqueado entre o duelo River Plate (ARG) e Nacional (URU). Os argentinos venceram por 2 a 0 e têm uma boa vantagem. A volta ocorrerá na quinta-feira (17), às 21h30.

O melhor: Rooney e Scarpa brilham

A camisa 11, até então contestada, foi muito improvisada como atacante e hoje marcou seu quarto gol na Copa Libertadores – Sujeito a todas as disputas, Ron acertou a rede oito vezes. Apesar do tamanho pequeno (1,67m), incomodou bastante a defesa do Paraguai e também participou do gol que abriu o placar no Allianz Parque.

Gustavo Scarpa voltou a reviver seus melhores momentos e teve uma participação decisiva, abrindo o placar com um poderoso golpe de fora da área e dando uma boa escolha na lateral esquerda. Ele também cruzou para o terceiro gol de Gabriel Menino.

Pior: EX-SÃO-PAULINO foi demitido

Evan Perez, time que jogou no São Paulo, dificultou muito a vida de Libertad ao pisar em Rafael Vega no segundo tempo, após forte rivalidade entre Ron e Cáceres. Árbitro assistente de vídeo chamado árbitro Jesus Para verificar Valenzuela, a decisão do juiz foi aplicar o cartão vermelho diretamente no zagueiro do Libertad.

GÓMEZ está se esforçando, mas precisa ir embora

O capitão da defesa do Palm, Gustavo Gomez, sofreu um traumatismo craniano com o Barreiro no primeiro tempo, e se machucou, mas pôs um boné e voltou para a partida apesar do medo. No segundo tempo, o Paraguai desabou em campo e acabou pedindo uma substituição. Emerson Santos o substituiu e teve uma atuação segura.

READ  Governo apela à destituição de diretores da Aneel e do ONS | Política

Executar palmeiras

O time de Abel Ferreira jogou muito mais apertado do que na viagem anterior, em Assunção, e viu Libertad criar novamente mais problemas de cima. Porém, teve mais posse de bola ao longo do jogo e logo aproveitou a expulsão de Pires para fazer o segundo gol e um Libertad impressionante na partida. A partida não foi fácil, mas Verdau jogou de forma organizada e buscou várias formas de chegar ao gol de Martin Silva, que destacou no confronto. Com outro, ele assumiu o comando e definiu o resultado.

Desempenho Libertad

O time paraguaio vendeu caro a eliminação e se incomodou com a pontuação alta quando o Palmeiras saiu em sua área e com lances para mais uma disputa pela bola, principalmente nas costas de Marcos Rocha. Libertad tentou atrapalhar, mas acabou finalizando após a expulsão de Piris. Ao contrário de ir, eles conseguiram acertar um gol e assistir menos.

Sequência do jogo

O Palmeiras recebeu um chute maravilhoso de Gustavo Scarpa para abrir o placar no Allianz Parque, aos 20 minutos de jogo, depois que Libertad parou no Waverton em uma clara oportunidade, quando Ferreira desviou de Gustavo Gomez e acertou o arqueiro do Palmeiras. Após a expulsão de Perez, aos 18 do segundo tempo, Verdao pressionou e veio para a segunda, com Ron, aos 22. Gabriel Menino, após belo cruzamento de Willian e cruzamento de Gustavo Scarpa, fechou o placar aos 42.

Nove vitórias no Allianz

O Palmeiras continua a superar seus concorrentes na arena competitiva desde a mudança de liderança. Com Andre Lopez e Apple Ferrera, são nove partidas, com nove vitórias, 28 gols a favor e nenhum contra. Mesmo sem multidão, Allianz Parquet era mais uma vez um caldeirão.

READ  'House on a cliff' de Kerimov Architects em Portugal oferece vistas rochosas e para o mar

Ficha de dados:
Palmeiras 3 x 0 Freedom (par)

Adoçado: Allianz Parque, São Paulo (SP)
dados: 15 de dezembro de 2020, terça-feira
Mesa: 21:30 (de Brasília)
Regra: Jesus Valenzuela (Vin)
Ajudantes: Jorge Orego (fin) e Tulio Moreno (fin)
Onde: John Ospina (COL)
Cartões amarelos: Abel Ferreira (Pal); Adorno, Caceres, Ferreira e Martinez (Líbano)
Cartões vermelhos: Evan Peres (Líbano)

Objetivos. Gustavo Scarpa, 20 minutos do primeiro tempo (1-0); Ron, 22 minutos do segundo tempo (2-0); Gabriel Menino, aos 36 minutos (3-0)

Palmeiras: Waverton. Marcus Rocha (Maiky), Luanne, Gustavo Gomez (Emerson Santos) e Vinya; Danilo, Gabriel Menino e Raphael Vega (figurino do Raphael); Gustavo Scarpa (Bruno Lopez), Gabriel Veron e Ronnie (Willian). Técnico: Abel Ferrara

liberdade: Martin Silva Ramirez, Cardoso, Adorno e Pires; Cáceres (Martinez), Barreiro (Villalba), Campuzano (Franco) e Espinosa; Ferreira (Enciso) e Martinez (Cardoso). Técnico: Gustavo Mourinigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *