O exército israelense: o Hamas mantém reféns em Rafah e Sinwar é um homem morto

Alguns dos reféns estão detidos pelo Hamas em Rafah, disse o porta-voz das FDI, R.-Admiral. Daniel Hagari disse numa entrevista na conferência de emergência sobre os desafios enfrentados pelas comunidades judaicas detidas em Jerusalém.

“Estamos combatendo o Hamas de norte a sul”, disse Hajari. A mídia israelense citou-o dizendo durante a conferência: “Acabaremos em Rafah. É uma cidade importante – há reféns em Rafah.”

Quando questionado sobre o paradeiro do líder do Hamas em Gaza, Yahya Sinwar, Hagari respondeu simplesmente: “Iremos alcançá-lo, vivo ou morto”.

Yahya Sinwar, líder do Hamas na Faixa de Gaza, participa de um comício que marca o Dia da Terra, na Cidade de Gaza, em 30 de março de 2022. (ATTIA MUHAMMED/FLASH90)

Hagari sobre o anti-semitismo: a guerra de Israel não se limita à Faixa de Gaza

“Estou aqui convosco hoje porque recebo novas informações, diariamente, sobre incidentes anti-semitas que ocorrem em todo o mundo”, disse Hagari aos participantes na conferência de emergência da Organização Sionista Mundial.

O porta-voz militar israelita acrescentou: “O desafio é grande e estamos a enfrentá-lo juntos. Esta guerra não se limita à Faixa de Gaza”. “Esta guerra está a ser travada por todo o povo judeu – estamos a perder esta guerra por causa das redes sociais, temos de melhorar.

“Precisamos continuar lutando nesta arena pela verdade para que o mundo inteiro a conheça.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *