Manaus recebe 70 mil metros cúbicos de oxigênio de Belém | Amazonas

Manaus recebeu na madrugada de sábado (16), Uma carga de 70 mil metros cúbicos de oxigênioVindo de balsa de Belém, segundo governo do Amazonas, novo embarque deve ser garantido “Retomando o balanço de abastecimento da rede pública de saúde nos próximos dias”..

Neste sábado, o avião que receberá vacinas na Índia Seria preciso mais uma carga de oxigênio para Manaus. O vôo deve sair às 14h de Campinas, no interior de São Paulo. A quantidade de insumos a serem transferidos ainda não foi informada.

Com Aumento recorde na admissão para Covid-19, uma A rede hospitalar entrou em colapso Em Manaus: As unidades estavam superlotadas e os pacientes sufocados sem oxigênio. A demanda diária de oxigênio era quase três vezes maior do que os fornecedores locais podiam produzir. Na quinta (14), prof O déficit diário era de cerca de 48 mil metros cúbicos. O governo ainda não definiu qual será o estado de consumo deste sábado.

Até sexta-feira (15), em todo o estado, Mais de 6 mil pessoas morreram Devido a complicações da Covid-19. Manaus conquistou novamente o recorde diário de sepultamentoE registrado 213 são enterrados apenas na sexta-feira.

Segundo o governo, a fornecedora White Martins obteve o oxigênio que chegou nas balsas no sábado e já começou a distribuí-lo nos hospitais.

O governador Wilson Lima disse à GloboNews sexta-feira: “Hoje temos um grande aumento extraordinário. Em menos de 15 dias, passamos de 15.000 metros cúbicos para 75.000 metros cúbicos, excedendo a capacidade do fornecedor de produzir oxigênio”.

STF e Justiça Federal de Manaus pedem ação urgente do governo federal

Um grande grupo de familiares de pacientes que precisam de oxigênio Formatura na sexta-feira (15), em frente à White Martins, em Manaus. A empresa é a principal fornecedora do produto na cidade.

Hospitais da capital amazonense não têm gás, o que leva as pessoas a tentarem encher botijões de oxigênio para ajudar familiares no hospital.

Muitas pessoas também procuram o produto porque têm familiares em casa com outras doenças que dificultam a respiração.

Em Manaus, as pessoas se aglomeram para tentar comprar cilindros de oxigênio

Em Manaus, as pessoas se aglomeram para tentar comprar cilindros de oxigênio

Bebês recém-nascidos no hospital estão em risco

Na sexta-feira (15), o Ministério da Saúde informou que obteve CDs junto ao Oxigênio que deve durar 48 horas para manter 61 bebês prematuros Na unidade de terapia intensiva de Manaus. Os estados já haviam indicado oferta da família para recebê-lo Crianças e mulheres grávidas que podem ficar sem oxigênio na capital.

Segundo o Ministério da Saúde, medida atende solicitação do governo do Amazonas Para recém-nascidos que atingiram o limite de oxigênio. A pasta informou ainda que está procurando mais injeções de oxigênio para que bebês prematuros não precisem ser transportados para outros países.

Vídeos: Relatos de hipóxia em Manaus

O vírus Covid-19 está causando a falha na Amazônia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.