Heineken está investindo US$ 300 milhões no Brasil para expandir seu portfólio de cervejas premium

SÃO PAULO (Reuters) – A Heineken InV (HEIN.AS), segunda maior cervejaria do mundo, disse nesta quinta-feira que investirá R$ 1,5 bilhão (300,8 milhões de dólares) no Brasil como parte de um plano de expansão para suas cervejarias premium e autônomas. Governador de cerveja de malte.

Segundo a empresa, os bebedores de cerveja brasileiros estão entre os maiores consumidores de Heineken no mundo.

O investimento planejado visa aumentar a capacidade de produção da cervejaria para suas marcas homônimas Amstel, Devassa e Heineken, que estão espalhadas por duas fábricas no nordeste do Brasil, informou a empresa em comunicado.

A Heineken disse que os gastos com sua fábrica de Igarassu triplicarão sua capacidade de produzir Amstel e Devassa, com linhas de embalagens retornáveis ​​aumentando em 45%.

A cervejaria de Alagoinhas, da empresa, deve ampliar em 60% a capacidade de produção de Heineken com o novo investimento.

A empresa disse que o plano de gastos também ajudará a tornar o uso da água na cervejaria de Igarassu mais eficiente, incluindo uma meta de reduzir o consumo de água em 30% nos próximos três anos.

(US$ 1 = 4,9864 riais)

(Reportagem de Paula Arend Lair); Escrito por Carolina Police; Edição de David Aller Garcia e Bill Berkrot

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

READ  O banco BRICS criado para diluir a influência ocidental deixou de fazer negócios com a Rússia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *