‘Golpe em qualquer lugar’: autoridades russas denunciam tumultos no Brasil, Lula apareceu

Apoiadores do ex-presidente de direita Jair Bolsonaro invadiram prédios do governo em Brasília no domingo, uma semana após a posse do presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva.

As autoridades russas ofereceram apoio a Lula, que agora preside um país como a Rússia é membro do clube de economias emergentes do BRICS:

Konstantin Kosachev, presidente da Comissão de Relações Exteriores do Conselho da Federação do Senado:

“Eu estava no Brasil quando Lula assumiu e vi tudo com meus próprios olhos: não havia absolutamente nenhum sinal de agitação. O que aconteceu agora é difícil de explicar e, do meu ponto de vista, assistemático.”

Escrevendo no aplicativo de mensagens TelegramKosachev Ele disse: “É um estranho e sem sentido ‘golpe de estado em qualquer lugar’ no Brasil… O que resta é desejar ao remoto e fechado Brasil a restauração da lei e da ordem, estabilidade e prosperidade, e desejo a Lula da Silva confiança em sua retidão e constância em suas ações.”

Andrei Klesha, Presidente do Comitê Constitucional do Conselho da Federação:

A crise política no Brasil deve ser resolvida no âmbito da constituição do país. Clichas disse, referindo-se à revolução Euromaidan de 2014 na Ucrânia, que derrubou o presidente de Kyiv, amigo da Rússia.

Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin:

“Condenamos veementemente as ações dos instigadores dos distúrbios e apoiamos totalmente o presidente brasileiro Lula da Silva.”

READ  Lea Garcia, que ficou famosa como atriz negra no Brasil, morreu aos 90 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *