Foi confirmada nova antecipação do décimo terceiro salário em duas parcelas no INSS

Novas mudanças! Você sabe o que vai mudar no pagamento do décimo terceiro salário dos aposentados e aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS?

De acordo com decreto publicado pelo governo, a agência espera Pagar a segurança social décimo terceiro, Concedido anualmente para aqueles que recebem pensões, pensões por morte ou benefícios diversos. A medida só entrará em vigor a partir de 2021.

Em 2020, as parcelas foram pagas devido aos impactos econômicos da Pandemia do coronavírus. O novo decreto visa estender essa nova opção para outros anos, sem a necessidade de o governo federal anunciar o adiantamento.

Décimo terceiro salário em 2020

As décimas terceiras parcelas do INSS já foram pagas neste ano, entre o final de abril e o início de junho, por conta da pandemia de Covid-19. As parcelas, de acordo com o calendário oficial do INSS, devem ser pagas no final do ano, embora seja prática comum o primeiro pagamento até agosto.

O Senado vai agora pensar em criar, apenas para 2020, um arquivo Décimo quarto salário Para aposentados e aposentados do INSS, tem como objetivo beneficiar os cidadãos que já se aposentaram do 13, e ainda enfrentam dificuldades financeiras por conta da pandemia.

Décimo quarto salário

A proposta, apresentada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), teve o voto favorável de Paim, relator do projeto da comissão. Segundo o senador, são cerca de 35 milhões de aposentados e aposentados do Instituto Nacional de Previdência Social, e cerca de 80% desse grupo ganha apenas um salário mínimo por mês.

“A pandemia está causando enormes danos à economia e às vidas dos menos afortunados”, disse Paim.

READ  Wolves estão perto de contratar o português Nunes

“O décimo quarto salário, além de ajudar os aposentados, que estão no grupo de risco, também será uma injeção de recursos na economia. Entre os municípios brasileiros, 64% dependem da renda dos beneficiários do INSS. O décimo quarto salário representará cerca de R $ 42 bilhões em novos recursos. No comércio local, nos municípios, gerando empregos e renda, gerando impostos, melhorando a qualidade de vida, movimentando a economia local, melhorando a vida de todos. Teremos mais empregos para cooperar com a retomada do crescimento do país ”, frisou o senador.

A proposta surgiu da Ideia Legislativa nº 127.741. O autor da iniciativa é o advogado paulista Sandro Gonçalves. O projeto propõe a implantação do 14º salário como abono emergencial de Natal a ser pago em dezembro deste ano.

A proposta, que já alcançou mais de 60 mil assinaturas, foi enviada à Comissão de Direitos Humanos do Senado, que deve ser apreciada pelos senadores nesta semana.

Caso seja aprovada e convertida em projeto de lei ou PEC, a proposta é submetida a votação em plenário. Se os senadores concordarem, o projeto de lei é encaminhado à Câmara dos Representantes para apreciação dos representantes por maioria simples.

Também vemos: INSS enfatiza o uso de selfie para salvaguardar o melhor interesse dos segurados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.