Destaque: Peru | LBOnline

Tendo trabalhado em uma sound site por uma década, em 2001 Bruno Canale se aventurou no campo de apoio à produção cinematográfica internacional e abriu a APU Productions. APU Productions é atualmente uma das principais empresas de serviços de produção no Peru. Especialidades: Apoiar a produção de grandes filmes internacionais e programas de televisão.

Seus créditos recentes em longas-metragens incluem “Transformers 7: Rise of the Beasts”, “Ines del Alma Mia” da Tve España, “Dora and the Lost Temple of Gold” e vários comerciais internacionais. Vários documentários também foram produzidos para a National Geographic, Travel Channel, History Channel e Discovery Channel. APU também trabalhou na produção de televisão com clientes como TV Globo do Brasil, SONY Pictures Television, Channel 4 London, ZDF Germany, Endemol, Spiegel TV, Leopard Films, entre outros.

Por que pegar aqui?

P> Como você apresentaria o Biro a qualquer produtora que queira filmar em sua área?

Bruno>Peru é um ótimo site que fornece conteúdo extenso para filmagem de comerciais, documentários, programas de TV e filmes. O Peru é um grande player em superalimentos como quinoa, maca, yacon, camu camu e muito mais, e tecidos como algodão pima, alpaca e lã de vicunha. Também temos borracha natural e artesanato e a lista continua. Mais marcas do que nunca nos abordaram para mostrar esses produtos e como eles são cultivados, cultivados e fabricados.

P> Quais são as características mais importantes da sua região?

Bruno> O Peru é um país pequeno com uma grande diversidade geográfica. Por causa disso, podemos filmar em um vasto deserto, em uma montanha alta e em uma floresta densa, tudo em uma semana, e é realmente possível! O famoso episódio “Mesa do Chef” de Virgilio Marines foi filmado em três regiões em uma programação de 12 dias, e também filmamos um comercial da Lexus apresentando o Deserto de Ica ao nível do mar seguido pelo Lago Junín a 13.000 pés (4.000 metros) em menos de 1 semana.

READ  ED investiga esquema ligado a fraude de peculato no Brasil | Últimas notícias da Índia

P> Quais você acha que são os melhores lugares no Peru? O que está disponível – de montanhas a praias, costões rochosos, arquitetura, etc., incluindo plantas, vida selvagem e dados demográficos.

Bruno> O Peru, como dissemos antes, possui uma grande variedade de tipos de localização. O lugar que mais visitamos para fotografar é Cuzco, onde você tem tantos locais históricos incríveis como Machu Picchu, paisagens incríveis como as Montanhas do Arco-Íris e uma enorme influência de fazendas de superalimentos como quinoa, kiwicha e goldenberry, entre outros. Cuzco também tem a arquitetura colonial mais bem preservada do centro da cidade, assim como a cidade de Ollantaytambo.


P> Qual é o site mais popular na sua opinião?

Bruno> O local mais famoso é a região de Cusco. Aqui você encontra Machu Picchu, o Vale Sagrado, muitos sítios históricos incas, belas cidades pequenas e, claro, a cidade de Cusco com suas ruas incríveis.

P> Qual local você descreveria como a maior característica da produção local?

Bruno> A maior característica será a sua versatilidade. Não há climas severos, então você sempre pode fotografar sem congelar ou ser exposto ao calor extremo. Muitas vezes acabávamos filmando no deserto porque outras partes do mundo estavam enfrentando temperaturas extremas. Nas montanhas temos o look outono eterno, que é ótimo para campanhas de outono e inverno que exijam esse visual.


P> Explique o clima e os melhores/piores horários para filmar no Peru?

Bruno> Cada região tem climas diferentes, mas como recomendação geral as localidades litorâneas têm o melhor clima durante os meses de verão (dezembro a abril), pois possuem céu limpo e clima agradável. Por outro lado, a estação chuvosa ocorre em localidades montanhosas e florestais no mesmo período. É por isso que recomendamos visitar esses sites de abril a final de novembro. Abril é o melhor mês para obter vistas exuberantes das montanhas verdes.


P> Quais são as autorizações/vistos de trabalho específicos necessários para filmar no Peru?

Bruno> Existem duas opções principais de visto, para pequenos produtos que venham com equipamentos portáteis, recomendamos o Visto de Jornalista. Este visto permite que equipes de TV, filmagem e fotografia venham com seus equipamentos sem a necessidade de declaração alfandegária. Para produções maiores e de maior duração, recomendamos o novo visto de Produção Artística. Este visto permite a permanência da tripulação por períodos mais longos e é coordenado com a Agência de Promoção de Exportações e Turismo.


P> Como a infraestrutura no Peru suporta a produção em larga escala? Acesso a câmeras e instrumentos de alto nível, elenco, equipes, estúdios, etc.

Bruno> Temos uma equipe bilíngue muito boa para todos os departamentos. Os clientes geralmente trazem seus chefes de departamento, mas muitas vezes vêm apenas com um gerente e um produtor. Em termos de equipamentos, temos um bom mix de câmera básica e equipamentos de iluminação, mas para tomadas mais complexas é preciso trazer equipamentos do exterior. Felizmente, os tempos de liberação alfandegária são relativamente rápidos e eficientes. O Peru também terá o sistema Carnet funcionando até o final de 2023. Existem estúdios em Lima, caso sejam necessários para concluir as filmagens em locação.

P> Qual é a maior/mais bem-sucedida produção que você fez no Peru até hoje?

Bruno> Nossa maior produção foi Transformers: Rise of the Beasts. Este filme foi rodado em plena pandemia em 2021 e é a maior produção já feita no Peru. Tivemos dias em que 1.500 pessoas estiveram envolvidas na filmagem, incluindo equipe, figurantes, segurança, etc. Biro aparecerá em cerca de 50% do filme, o que é uma grande conquista.


O que fazer e o que não fazer na área

P> Como alguém de fora, o que você acha que são as maiores coisas que você pode ou não fazer na área?

READ  Final da Copa América Argentina x Brasil Transmissão ao vivo: Quando e onde assistir na TV e online | notícias de futebol

Bruno> Minha recomendação número 1 ao fotografar no Peru: NÃO ENVIE NADA ANTES DE PEDIR! Os despachantes alfandegários que verificam os pacotes de correio são muito rigorosos com alguns itens, especialmente quando precisam de liberações especiais como maquiagem, comida e outros itens.

P> Qual é o seu primeiro conselho para quem vem ao *país* para filmar uma campanha/filme?

Bruno> Nossa principal dica é sempre consultar sua empresa local de serviços de produção quando tiver dúvidas sobre qualquer coisa. O Peru é muito específico em alguns dos processos e regulamentos, portanto, sinta-se à vontade para perguntar, mesmo que ache que há uma resposta fácil.

Recomendações internas

P> Onde você pretende montar produções estrangeiras enquanto estiverem no Peru?

Bruno> Os melhores lugares para visitar no Peru são Cuzco e Lima. Cuzco é a capital do patrimônio cultural do Peru e tem muitos hotéis 5 estrelas, ótimos restaurantes e uma atmosfera energética em geral. Lima é a capital gastronômica do Peru e também possui os melhores hotéis boutique.

P> Onde estão os melhores bares/restaurantes? Você pode sugerir alguma joia escondida?

Bruno> Lima tem uma grande variedade de restaurantes, destacando-se por ser o restaurante nº 2 do mundo de acordo com os 50 melhores restaurantes de San Pellegrino. Existem outros oito restaurantes de Lima entre os cinquenta primeiros e, claro, todas as cevicherias locais com ótimos frutos do mar.

P> Alguma outra recomendação turística?

Bruno> Cusco é definitivamente o melhor lugar para começar se você planeja viajar pelo Peru. Tem uma mistura de história, beleza natural e todos os tipos de atividades, como caminhadas, cavalgadas e quadriciclos. Aqui você terá uma experiência muito autêntica do que é o Peru.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *