Como São Paulo pretende ser a cidade dos sonhos dos produtores internacionais de cinema e TV | promoção

O Fundo Spcine de US$ 8 milhões foi inaugurado para atrair produções locais e internacionais para filmagens na cidade e no estado de São Paulo. Maior recurso financeiro do Brasil oferece cashback de até 30% em produtos elegíveis nos gastos domésticos.

Quando a primeira rodada foi aberta em 2021, era muito comum que US$ 2 milhões em financiamento fossem alocados em um único dia. “Ajudei a convencer nossos políticos e formuladores de políticas públicas aqui em São Paulo a irem para o segundo turno”, diz Vivian Ferreira da Cruz, presidente e CEO da Spcine. “Economizamos quatro vezes o orçamento para o segundo turno.”

Os três primeiros produtos a receberem o desconto foram Home Feature, de Marcelo Antunez Oh SekistroProduzido por FJ Productions, Maristela Filmes e Moonshot Pictures; série de TV Marcelo, Marmelo, Martello Feito por Coiote para Viacom Paramount Plus; e suspense na TV Oh negociadorProduzido pela Spiral International e Boutique Films para Amazon Prime.

“A Spcine e seu desconto provaram ser o parceiro ideal ao nos permitir estruturar uma produção local brasileira e dar-lhe um toque internacional, tendo como pano de fundo a cidade mais vibrante da América Latina – São Paulo” Oh negociador Produzido por Zasha Robles da Spiral International. “O cenário internacional de subsídios locais é complexo de navegar, mas a cidade de São Paulo desenvolveu uma fórmula eficaz que deve ser usada como um modelo de sucesso para muitos replicarem.”

filmando

A Spcine se orgulha de suas políticas de diversidade e sustentabilidade. Produtos com mulheres, transgêneros, negros e indígenas em ambos os lados da câmera recebem pontos de elegibilidade que contam para o nível de desconto obtido. “Damos pontos de bônus para ações sustentáveis, como produtos que prometem banir plásticos descartáveis ​​e aqueles com equipes diversificadas”, explica Cruz.

Financiado pelo governo municipal, a Spcine opera um programa de reembolso em dinheiro que é uma joint venture entre o governo municipal e o estadual. A organização trabalha arduamente para garantir que o processo de solicitação de financiamento seja o mais simplificado possível. Há também um simulador que permite aos produtores ver se seu projeto se qualifica para o desconto e em que nível ajudar com um orçamento preciso.

cidade diversa

São Paulo abriga mais de 40% de todas as produtoras do Brasil e é o cenário de mais de 60% da atividade da indústria cinematográfica brasileira. É uma cidade diversa, um lugar onde todos podem se autodenominar “politanos”. Poderia reivindicar a maior população japonesa fora do Japão, a maior comunidade libanesa fora do Líbano e um próspero contingente italiano. “Também temos diásporas de vários países africanos representadas”, observa Luis Francisco Vasco de Toledo, Diretor de Investimentos Estratégicos e Parcerias da Spcine.

Como site, há muito para atrair cineastas internacionais. São Paulo é a capital cultural do Brasil e se orgulha de museus, teatros, casas de shows e vida de rua colorida e vibrante. Esta cidade é conhecida por seus grafites e arte de rua, bem como por suas praias deslumbrantes, que ficam a apenas uma hora de carro.

A Spcine inclui a estabelecida São Paulo Film Commission, que pode ajudar a organizar as operações de filmagem para fechar as principais avenidas de filmagem e facilitar as filmagens regulares no centro da cidade. Desde 2016, a City Film Commission já ajudou mais de 5.000 produções, resultando em US$ 2,75 bilhões em impacto econômico direto e indireto na cidade e criando mais de 500.000 empregos.

“São Paulo é um camaleão da produção cinematográfica”, diz Toledo. “Temos uma arquitetura antiga, então pode ser o dobro da Londres do início do século 20. É futurista em alguns lugares também e temos uma das maiores áreas de floresta urbana do mundo. São Paulo poderia ser a selva amazônica.”

READ  A nova estátua de Jesus no Brasil será mais alta do que a estátua do Cristo Redentor no Rio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *