Comboios do metro fabricados na China estão a ser testados em Portugal

Trens de metrô fabricados na China foram testados no Porto, Portugal, na segunda-feira, o primeiro teste desse tipo na União Europeia.

Os trens também são os primeiros a serem exportados da China para a União Europeia, segundo a CRRC Tangshan, fabricante de trens. Com sede em Tangshan, província de Hebei, a empresa é uma das maiores fabricantes de trens e metrôs da China.

Segundo a empresa, os seus comboios foram testados na Linha C do Metro do Porto, numa operação mista com os comboios de passageiros existentes na linha.

O percurso teste passou pelas zonas mais movimentadas da rede de metro, bem como pela maior estação de transportes do Porto – Estação de Metro da Trindade.

A pista incluía seções subterrâneas e acima do solo e diferentes tipos de pistas, resultando em condições de trabalho complexas.

Antes do teste, foram realizados trabalhos preparatórios com esforços conjuntos da CRRC Tangshan e do Metro do Porto, incluindo acoplamento de comboios, depuração, formação de motoristas e testes de esforço.

O projeto foi assinado em janeiro de 2020 e, ao abrigo do contrato relevante, a CRRC Tangshan irá produzir 18 composições de metro, cada uma com quatro carruagens, para o Metro do Porto, proporcionando cinco anos de manutenção.

O primeiro comboio chegou ao Porto em dezembro do ano passado e os restantes chegaram mais tarde.

Em julho, os trens passaram por uma avaliação de segurança independente realizada por um terceiro da Itália, que foi o primeiro certificado de avaliação de segurança independente obtido por veículos de metrô chineses na União Europeia.

Os novos comboios do metro têm uma velocidade máxima de 80 quilómetros por hora e podem acomodar 244 passageiros, incluindo 64 sentados, de acordo com um relatório da Agência de Notícias Xinhua em Fevereiro.

READ  Crise do custo de vida: o presidente reconhece que mais apoio pode ser necessário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *