Brasileira Braskem registra queda de 95% no lucro líquido do primeiro trimestre

SÃO PAULO (Reuters) – A petroquímica brasileira Braskem (BRKM5.SA) divulgou nesta segunda-feira um lucro líquido de R$ 184 milhões (US$ 36,78 milhões) no primeiro trimestre, uma queda de 95% em relação ao mesmo período do ano passado.

A empresa também registrou queda de 27% em sua receita líquida, atingindo RO 19,45 bilhões.

Seu lucro recorrente antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) chegou a 1,06 bilhão de riais, uma queda de 78% em relação ao ano anterior.

O desempenho da empresa foi atribuído a margens petroquímicas menores em relação ao mesmo período do ano passado, embora tenham apresentado melhora em relação ao quarto trimestre de 2023. Na manhã desta segunda-feira, a Braskem informou que o acionista controlador da empresa, Novonor, recebeu uma oferta não vinculante pela a empresa, que agora começará a ser “analisada junto com outras partes interessadas”. A empresa não divulgou quem fez a oferta, mas relatos da mídia na sexta-feira indicaram que a Abu Dhabi National Oil Company (ADNOC) deve apresentar uma oferta de aquisição conjunta com a norte-americana Apollo Asset Management. A Novonor, anteriormente conhecida como Odebrecht, compartilha o controle da Braskem com a gigante petrolífera estatal Petrobras (PETR4.SA).

(US$ 1 = 5,0033 riais)

(Reportagem de Peter Frontini e Carolina Police) Edição de Isabel Woodford

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

READ  Banco Central do Brasil elogia projeto orçamentário de Lula e ressalta necessidade de melhoria fiscal Por Reuters

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *