Aumento do número de empresas nas zonas francas dos Emirados Árabes Unidos

Da redação
[email protected]

São Paulo – O número de empresas operando em zonas francas nos Emirados Árabes Unidos aumentou 4,4% nos 12 meses até fevereiro de 2021, de acordo com o Registro Econômico Nacional dos Emirados Árabes Unidos (NER), braço do Ministério da Economia, que é uma notícia oficial saída. Tu es mencionado. A imagem acima é a Zona Industrial Khalifa (KIZAD) em Abu Dhabi.

Existem atualmente cerca de 60.600 empresas ativas nas zonas francas dos Emirados Árabes Unidos. O governo atribui isso aos “planos bem-sucedidos de continuidade de negócios e recuperação de desastres adotados pelos Emirados Árabes Unidos para atrair empresas estrangeiras para trabalhar em todo o país em meio à desaceleração econômica global causada pelo COVID-19 desde o segundo trimestre de 2020”.

Os números do NER mostram que as empresas em zonas francas representavam mais de 8% do total de negócios registrados nos Emirados Árabes Unidos em meados de fevereiro de 2021. A maioria das empresas sediadas em zonas francas está em Abu Dhabi ou Dubai.

Tu es Isso indica que existem mais de 44 zonas francas nos Emirados Árabes Unidos. Destinam-se principalmente a atrair investimento estrangeiro, oferecendo procedimentos fáceis de arranque, trabalho e imigração. Os Emirados Árabes Unidos permitem que os estrangeiros detenham 100% da propriedade comercial em zonas francas, bem como em outras partes do país em alguns setores e atividades.

Traduzido por Gabriel Pomeran Blume

Kizad

READ  Brasil registra contração em agosto com queda dos preços dos combustíveis Por Reuters

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.