Análise: Flamengo tropeça nas duas mãos novamente em falha que interfere em uma nova falha única | Flamingo

A incrível oportunidade que Lincoln desperdiçou, sem goleiro, aos 45 minutos do segundo tempo, se tornou o principal símbolo do empate de 1 a 1 do Flamengo com o Atlético Zé, no sábado, no Maracanã. Mas o fraco desempenho de vermelho e preto vai além de apenas mais um único erro que custa muito caro.

Lincoln e Rogiero Cene na partida do Atlético-Go – Foto: Andre Durao

Hugo sai, Lincoln entra no papel de vilão, mas o Flamengo repetiu coletivamente os erros do “pré-Rogero Ceni” e não conseguiu manter os aspectos positivos da partida contra o São Paulo, como aumento da pressão, movimentação dos homens pela frente e pressão para sair. Opondo-se à bola.

A transição defensiva foi desconcertante e deixou as distâncias defensivas vulneráveis ​​mais uma vez. O Atlético-Joe finalizou dez vezes durante a partida e conseguiu marcar após o zagueiro coletivo.

– Triste voltar para casa sem vitória. Estamos todos tristes. O tempo é difícil. Infelizmente, disse Ruggiero Cene, vamos lutar muito no início, devido a lesões, chamadas e corrosão.

Melhores momentos do Flamengo 1 x 1 Atlético-GO na 21ª rodada do campeonato brasileiro

No setor criativo, sem conseguir colocar Arrascaeta na largada, já que o Uruguai não está em perfeitas condições físicas, Ceni optou por manter Gerson na retaguarda e acertou Thiago Maya mais avançado na direita. Por ter boa qualidade técnica, fez um bom trabalho. Ele acertou na trave e deu assistência a Bruno Henrique para fazer o gol do Flamengo.

No entanto, na maioria das vezes, a equipe era esperada. Ele tentou muitos golpes no final, mas acabou não dando certo. Apesar do gol e do chute perigoso do primeiro tempo, Bruno Henrique não se inspirou. Nem Gabigol. Os dois se buscaram um pouco durante a partida.

Rogiero Cene durante jogo do Flamengo contra o Atlético-Joe – Foto: Andre Durao

A chegada de Arrascaeta nos últimos 15 minutos deixou o meio-campo mais criativo. Ele orquestrou a peça que Lincoln desperdiçou e teve um final sério na prorrogação.

Agora, São Paulo, quarta-feira, no Morumbi. Em condições desfavoráveis, o Flamingo tem pouco tempo para se reinventar. E os problemas são implacáveis. Além de provavelmente não contar com Pedro, Everton Ribeiro, Isla, Rodrigo Caio, Felipe Luis e Diego, Ceni ganhou mais preocupações, já que Gabigole e Thiago Maya saíram de campo com problemas físicos.

Dias difíceis para o Rogério Ceni.

READ  FIFA comemora o clube mundial em papéis cruciais do Brasileiro e da final da Copa do Brasil
Written By
More from Arzu

Bolsonaro participa da cúpula do BRICS na terça-feira. A reunião será virtual pela primeira vez Política

Presidente Jair Bolsonaro Na terça (17), ele participará de cúpula de estadistas...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *