Agente de viagens Muga autuado por enganar mulher Ludhiana sob o pretexto de mandá-la para Portugal com autorização de trabalho: The Tribune India


Tribune News Service

Colwinder Sando

Muga, 28 de janeiro

Uma mulher de 25 anos da região de Ludhiana teria sido enganada por um agente de viagens Moga em 2,60 lakh rúpias sob o pretexto de ser enviada para Portugal com uma autorização de trabalho.

Hardeep Kaur, residente na aldeia de Bhoodri (Ludhiana), apresentou uma queixa por escrito à SSP, Moga, alegando que Kuljinder Singh, agente de viagens que dirige a Global Immigration Company, prometeu enviar a sua filha de 25 anos, Jyoti, para Portugal no dia visto de trabalho.

Ela disse à polícia: “O agente de viagens tirou 2,60 lakh rúpias de mim em várias ocasiões nos últimos oito meses para facilitar a obtenção de um visto e autorização de trabalho para Portugal, mas não conseguiu fazer o trabalho em nosso nome.”

A mulher disse à polícia que entregou o passaporte da filha, certificados de escolaridade e alguns outros documentos ao agente de viagens, que também não devolveu.

SSP Gulneet Singh Khurana foi uma investigação preliminar de um oficial do SP. SP em sua investigação considerou o agente de viagens culpado prima facie de enganar a mulher Ludhiana e sua filha de Rs 2,60 lakh e também não devolver os documentos a eles.

Ao receber o relatório da sindicância, a SSP o encaminhou ao promotor público para parecer jurídico. O promotor recomendou abrir um processo criminal contra o agente de viagens.

Mais tarde, um processo criminal foi registrado sob a seção 420 do IPC contra o agente de viagens Kuljinder Singh na Delegacia de Polícia de City-I, aqui. No entanto, ele ainda não foi pego pela polícia.

READ  Brasil lança campanha de vacinação enquanto a dengue aumenta, Health News, ET HealthWorld

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *