Abel Ferreira exalta Bruno Tabata explicação detalhada no lugar de Endrick no Palmeiras | palmeiras

Faça uma classificação palmeiras Parágrafo A semifinal do Campeonato Paulista garantida, após vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo, o técnico Abel Ferreira deu entrevista coletiva na noite desse sábado e explicou a decisão de barrar Endrick e promover a entrada da equipe Bruno Tabata.

O técnico português fez alogios ao camisa 27 e justificou taticamente a escolha por ele na partida no Allianz Parque.

Veja a entrevista coletiva de Abel Ferreira após Palmeiras 1 x 0 São Bernardo

– É um jogador que conhecia bem, lembro-me de vê-lo treinar no Portimonense com o falecido Antônio Oliveira. Eu o conhecia muito bem, no sport jogava de interior muito bem. Quando cheguei aqui pensei que o ritmo período o que ele estava acostumado, mas nos aqui treinamos com muita luxidade. A competição é muito forte e ele foi se adaptando. (Bruno Tabata) Chegou no meio da temporada, entrou nos jogos da Libertadores. É um jogador que tem mentalidade de campeão, chegou de um clube que conquistou títulos. Flexibilidade no atendimento. Aqui fica a apresentação do jogo às 11. Claro que não é um jogador tão agudo, tivemos uma converta com ele e fez um excelente jogo hoje -declarou Abel Ferreira.

Palmeiras 1 x 0 São Bernardo – Melhores Momentos – Quartas do Campeonato Paulista 2023

– Conseguiu o respeito, foi aplaudido. Nossos torcedores, como eu, mais chatos, que nunca estão contentes com nada, acho que hoje também o aplaudiram. Era minha intenção fazê-lo furar a linha de cinco, estávamos preparados para isso. Ele fez uma excelente partida – Complete, Trinador.

Abel Ferreira sorri durante Palmeiras x São Bernardo – Foto: Marcos Ribolli

Endrick nem a sequência entrou ao longo da partida. Segundo Abel, o garoto não tem qualquer problema e não ganhou oportunidade diante do São Bernardo pelos circuitos que você percorre e lida com os concorrentes.

– Ele (Endrick) joga com dois atacantes e, com três zagueiros do São Bernardo, seria fácil para eles marcarem. Por isso deixamos só um na frente, que era o Rony, dois bem abertos e estes zagueiros deles marcando ninguém. Os meios tinham que ajudar as pontas, se colocarmos o Endrick ficaria fácil para eles. Teriam três zagueiros para marcar dois jogadores. Um zagueiro ficaria na sobra. Com o tamanho deles, não teríamos vantagem. Então, preferimos abrir bem a linha, e jogamos de trás para frente. Essa foi a nossa intenção quando escamos o Tabata aberto. Não mantive o Endrick porque o Navarro é muito maior, o São Bernardo tem uma boa bola aérea, a troca foi pensando nisso. Poderia ter colocado o Endrick, mas optei por Navarro pela bola aérea. O Endrick é mais agudo, joga mais em busca do espaço – disse o treinador, que ainda prosseguiu:

– O Endrick, apesar de ter apenas 16 anos, temos que tratá-lo como um jogador normal. Uma equipe é isso: apoie aqueles que estão em oscilação. Em uma equipe, em momentos que há jogadores não estão bem, os jogadores precisam se agarrar na equipe. É assim que funciona com todos, nossa equipe apoia todos. Nada como trabalhar mais e melhor para voltar aos níveis de Confiança e desempenho de antes.

– Tem que defender muito o que esta equipe do São Bernardo fez. Bom Trinador, Equip Muito Bim Orgada, Competitiva, Sap O Q Vaz Com e Sim Bola. Esta é a terceira melhor campanha neste quadro do Paulistão. O único problema que eles tiveram foi ter um adversário como o palmeiras. O São Bernardo tinha Zero Responsabilidade, precisamos Valorizar. É um equipamento muito bois. É um treinador jovem, da minha idade, brasileiro. esperando dificuldades pela campanha, pelos jogos que construíram x São Paulo e Corinthians. Quero dar parabéns, mas como te disse, o problema foi apanhar um adversário como o palmeiras. Transpiramos muito, um bom duelo, jogo muito disputado e palmeiras Sayu Vencedor, aquilo que queríamos – comentou Abel.

a palmeiras agora aguarde a Sequência das quartas de final do Paulistão para conhecer o seu adversário na semifinal.

Dono da melhor campanha, o Verdão já garantiu o direito de sediar a resposta, que mais uma vez será decidido em jogo único. O próximo adversário será o classificado de pior campanha geral.

Confira abaixo outros trechos da entrevista de Abel Ferreira:

ronnie

– É perfeito como personagens e qualidades como estes. É um atleta resiliente, nunca dá um lance por perdido, procura sempre ajudar e deixar o palmeiras Senhorita Forte. Queremos isso, queremos rendimento dos jogadores. Fomos Rigorosos nesse comportamento. Especifique especificamente para jogo brasileiro ou povo brasileiro, significa que a pessoa é: é o Rony. Um resiliente, veio do meio de uma grande dificuldade, mas quando se tem um sonho tudo é possível. Veja a essência do brasileiro ali nele. Não é aquele jogador driblador, nota 10 na técnica, mas reparações com outras características. No dias de hoje temos que ser bons em tudo. Precisão e disciplina, resiliência, Rigor tático e isso tudo Somado faz dele um jogador muito Competitivo. Fico Feliz porque no fui apenas eu que vi isso. Parabenos e ele. Então se ganha quando vemos que o coletivo está a frente do singles. Retome o trabalho de água se não houver problemas com a conexão com a internet.

Técnico Abel Ferreira orienta o Palmeiras – Foto: Marcos Ribolli

Lamentação por gol perdido por Dudu

– É normal, é fruto da ambição dele porque quer triunfar e nos ajudar. É simples m um jogador. O mais importante que, quando um jogador não está em seu melhor nível, haja quem ajude. De vez em quando, depende das coisas finais. O importante é a realização. Eu corro por ti, tu corres por mim. Um equipamento. Não há oportunidade de desenvolvimento. O importante é Kyo Sega Elasticity e Melora Bosc. Ele sabe disso, estamos aqui para ajudar, assim como fazemos com todos. O jogo é coletivo, Depemos todos uns dos outros. Quando um não estiver tão inspirado, nos agarraremos no trabalho coletivo, isso é o mais importante.

READ  Segredo do calçado revelado: um prémio internacional, Portugal é a primeira escolha das marcas de gama alta.

Paula Ária

– Fizemos uma análise muito benfeita desse adversário, parabenizo a minha comissão técnica por isso. Percebemos que dos 0 aos 15 minutos, já tínhamos oito gols feitos. Quando eles abrem, é difícil bater. Equipa a competição e que tem um treinador muito bom. Vamos dar Continidade ao nosso trabalho e já pensar no nosso próximo jogo.

defesa solidez

– Olhamos para esses números com muito cuidado, temos que entender que há requisitos. O nosso 5, no ano passado, age o nosso 8. Independentemente das trocas que fizemos, houve jogos que concedemos mais transições do que o normal, houve jogos que sofremos gols de bola parada, mas garantidos em cima do que temos quhore. Seguimos em frente e, depois, olhamos os números. A consistência de infecção e defesa é interligada. vezes, os passes de quatro ou cinco metros não podemos falhar. São Preceratorios e Now passa pelo Podemos Valhar. Muitos desses gols, foram mais deméritos nossos do que mérito do adversário. Potência Q? Vou te dizer o porquê. Se eu roubar a bola, mover o adversário e vou fazer o gol, é mérito. Precisamos corrigir isso. Temos que ter certeza e confiança no passe. com bola, se eu errar, no momento seguinte, vou levar a transição em direção ao meu gol. Precisamos corrigir é também, de particular interesse. Vamos, Suffrendo Goles, Estamos mis proximos de perdire. Algum dia vamos ter que perder, mas a nossa atitude tem que ser essa. Vamus Birder, Mas Vamos Seger Trapalhando.

Marcus Rocha

– Renovou um passado ou meio do ano. Nos, no futebol, procuramos rendimento. Tenha ele 16 anos ou 40 anos, procuramos rendimento. Trabalhe para a equipe, como ele tem feito, assegure sua liderança como capitão. Continue ingerindo e, como regular, você pode reabastecê-lo facilmente.

pressão na arbitragem

– Tenho absoluta certeza de que não há ninguém no clube que queira ganhar mais do que eu, ninguém. Tenho certeza que todos querem ganhar. A presidente quer ganhar, o barros quer ganhar. Afinal, se não ganharmos, cortam a nossa cabeça, não é? Se não ganhar, quem cai é o presidente do clube, o dirigente e o treinador. Os jogadores vão continuar. Eu costumo dizer o seguinte: em mares quietos não se fazem bons marinheiros. Este é o caso de uma variedade de materiais. Se eu não me sentir desafiado, mude de país e vou embora. Falo Assim: “galera, fiquei um ano aqui e não ganhei nada. Estou indo embora.” Isso (pressão na diretoria) é uma forma de mantermos todos com a corda esticada, temos que dar respostas.

READ  Telefônica Brasil (NYSE: VIV) atualizada pelo Bank of America para "Comprar"

Atuação da arbitragem Edna Alves

– Vocês acham que eu sou chato e mala, mas é porque exijo o melhor de mim e, por isso, também exijo o melhor dos outros. Sou muito exigente com o meu trabalho. Acho que os árbitros fazem o melhor que podem. Eu posso melhorar, nossos jogadores podem melhorar, nossa direção pode melhorar, os árbitros podem melhorar, o futebol brasileiro pode melhorar. Houve lances difíceis, pênaltis de um lado e pênaltis do outro. Já vos disse que os únicos que não são profissionais são os árbitros, já falei disso. Quando mais qualificação eles tiveram, Melhor. Acho que, no modo geral, ela fez um jogo difícil, houve muitos duelos, foi um jogo positivo.

Força do Allianz Parque

– Se vamos ganhar, não sei, mas essa vantagem conquistamos na primeira fase. Fizemos a segunda melhor campanha de todos os tempos nesse period, a primera já a period nossa. Precisamos dos nossos torcedores, eles fazem a diferença. Quanto maiz Unidos Stefermos no Campo, Melhor. Venham para nossa ajuda. Eles (torcedores) têm feito isso, muitas vezes eles nos transportam para outra dimensão física e mental. Eu sinto, os jogadores sentiram. É uma vantagem boa, não nos garante nada, mas é uma vantagem. São jogos de mata-mata e tudo pode acontecer. O próximo jogo é um só, nossa intenção é ganhar. Não vamos ganhar todas, quero deixar isso aqui claro. vezes, parece fácil o que fazemos, mas é fruto do trabalho dos nossos jogadores que se dedicam e trabalham. Eles trabalham com muito empenho, têm o desejo de ganhar. Se não pairar o desejo, temos que mudar. Não é isso que eu vejo, vejo uma vontade muito grande, vejo isso no Fabinho, no Tabata. É isso que o treinador gosta, o Navarro entrou com uma função muito específica, o Jailson precisa de um carinho. Lembro-me de quando cheguei aqui vi um vídeo do Veiga, e ele deu a volta. jugar não palmeiras é uma exigência muito grande, eles precisam se desafiar. Este jogam é uma combinação perfeita. No brasil, falta paciência. Não temos tempo. Não desisto de ninguém, não desisto de nenhum deles.

+ Assistir a tudo feito palmeiras Não disponível na Globo, sportv e ge

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *