Zhang Weili torna-se o primeiro campeão da China | Frear as barreiras

O evento foi realizado em Shenzen, na China, marcando a primeira vez que o UFC se aventura na cidade e a sexta vez que a organização realiza um evento no país asiático. Também coincidiu com a abertura do UFC Performance Institute em Xangai e sinalizou o que seria o início de uma onda de talentos da China embarcando no maior palco do esporte.

Na época, alguns lutadores da China competiam dentro do octógono – os meio-médios Li Jingliang e Song Keinan, os galos Wu Yan’an e o companheiro de equipe Yan Xiaonan – mas nenhum conseguiu entrar na briga pelo título. Lee se estabeleceu como um dos 15 melhores lutadores na traiçoeira categoria de peso de 170 libras, mas vacilou quando teve a oportunidade de subir para o nível mais alto, e agora aqui está Chang, em sua quarta aparição no UFC, lutando em casa pelo título campeonato de ouro contra o pódio Ornate, e fiz questão de aproveitar ao máximo.

Relacionado: Namajunas recupera o Cinturão de Palha | Nunes torna-se bicampeão

A campeã Andrade saiu como sempre faz, tentando empurrar Zhang para baixo, e a desafiante respondeu acertando uma série de chutes baixos na parte interna da perna principal da brasileira. Ao preço de um centavo, a partida evoluiu para uma briga, com Andrade tentando embolsar ganchos elétricos, apenas para ser confrontada por um ferrão de Zhang que imediatamente a deixou com os pés trêmulos.

Andrade olhou para o clinch em desespero e jogou Zhang sobre ela, acertando a atual campeã com cotoveladas e joelhadas no meio antes de persegui-la pela gaiola com as mãos pesadas, derrubando a campeã ao longo da cerca e forçando-a a parar.

READ  Grande Prêmio do Brasil 2021: Daniel Ricciardo, corrida de qualificação, Lewis Hamilton, 'perdedor', sprint.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *