Uma jovem morre devido a uma picada de escorpião venenoso no Brasil

A mídia brasileira noticiou que uma menina de cinco anos morreu na semana passada após ser picada por um escorpião amarelo brasileiro, um dos escorpiões mais perigosos do mundo.

Isabeli Stephanie Moraes foi mordida por esta criatura no Núcleo Rural do Rio Preto, próximo a Brasília – capital do Brasil. O escorpião amarelo é o mais venenoso da América do Sul.

Segundo notícias locais, a menina foi mordida no dia 15 de maio e seus pais a levaram a uma clínica próxima da região. No entanto, o antídoto apropriado não estava disponível para tratá-la e os paramédicos tiveram que transferi-la para outro centro médico. Familiares de Moraes disseram que ela foi encaminhada para vários hospitais, mas não tinha vacina contra o veneno mortal.

Ela acabou sendo transferida para um hospital da cidade de Formosa, que já contava com o seu próprio. No entanto, a essa altura, já era tarde demais.

A menina foi declarada morta ao chegar ao hospital

Ela foi declarada morta pouco depois de chegar ao hospital, segundo a mídia local.

Mais tarde naquele dia, uma porta-voz da delegacia de Formosa anunciou que o corpo da menina havia sido entregue à família. Especialistas forenses conduziram um relatório toxicológico em seu corpo. Os resultados do relatório ainda não foram publicados.

Escorpião amarelo brasileiro Narina de TícioÉ considerado o escorpião mais venenoso da América do Sul.

Sua aparência lembra um pouco o Deathstalker, ou escorpião amarelo, o escorpião mais venenoso de Israel. Diz-se que o escorpião brasileiro pode atingir até 7 cm de comprimento e vive principalmente em florestas tropicais e próximo às margens de grandes corpos d’água.

READ  Instituto Alzheimer's Brasil: Um grupo brasileiro de apoio à doença de Alzheimer durante a pandemia de COVID‐19 - da Silva Novais - 2021 - Alzheimer & Dementia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *