UFC 286: O’Neill pretende continuar sua invencibilidade

Um ano de luta para a australiana Casey O’Neil finalmente será visto quando ela enfrentar Jennifer Maia, do Brasil, no peso-mosca feminino no UFC 286, na O2 Arena, em Londres, no domingo.

Seria o retorno da invicta O’Neal depois de perder o segundo semestre de 2022 após sofrer uma lesão no ligamento cruzado anterior antes de sua luta contra Jessica Eye no UFC 276 em julho.

Anúncio

Anúncio

Classificada em 12º lugar, O’Neal é muito menos experiente do que sua contraparte Maya, que está em 8º lugar na categoria peso mosca. No entanto, tendo acumulado um recorde impressionante de 9-0, incluindo todas as quatro vitórias no UFC, o escocês tentará subir ao palco no que parece ser uma partida equilibrada.

A jovem de 26 anos, que busca se tornar a primeira campeã australiana, falou sobre sua preparação antes de enfrentar o evento principal em uma interação exclusiva com estrelas do esporte.

P: Você está voltando ao octógono depois de mais de um ano afastado devido a uma lesão no LCA. Você está nervoso porque não luta há muito tempo?

Eu não me descreveria como nervoso. Estou tão animado. Não me afastei muito da academia e comecei a treinar assim que tive minha folga; Mesmo antes disso, eu fazia reabilitação todos os dias e estava cercado por todos que lutavam e treinavam.

P: Jennifer Maya, que tem mais experiência no octógono, vai lutar. Quais são seus pensamentos iniciais sobre a partida?

Sim, já fiz muito nesse departamento e já existe há muito tempo, mas sempre luto com pessoas mais experientes do que eu, então não importa. É apenas parte de estar em ascensão. Acho que vai ser uma grande luta para mim. E derrotar o candidato ao título seria uma grande conquista para o meu currículo.

P: Você é treinado em Brazilian Jiu-Jitsu (BJJ) e seu oponente tem experiência em boxe. Como você vê o estilo do seu adversário?

Não, prefiro focar em mim do que no meu adversário, mas não me classificaria como um lutador de Jiu-Jitsu. Sou um lutador de MMA que está disposto a ir aonde for preciso, e acredito que sou melhor em todos os lugares, então estou ansioso para mostrar esse sábado à noite.

P: Você é nove anos mais novo que Maya. Você acha que tem uma vantagem em termos de agilidade e resistência?

Acho que a idade não tem nada a ver com isso, mas acho que tenho essas vantagens, e consegui vencer todos com quem lutei até agora, então algo está dando certo. Eu não acho que esta é a pessoa que pode me derrotar.

P: Seu pai era um kickboxer profissional e costumava orientá-lo no começo. O quanto ele está envolvido com seus treinos e carreira no UFC?

Ele não participa mais do meu treinamento. Moro em um país diferente do dele, mas toda vez que luto coloco ele no meu córner, o que é sempre muito motivador.

P: Você foi nomeado Revelação do Ano em 2021 e ainda não perdeu uma luta em sua carreira. Você sente alguma pressão externa agora que as pessoas estão notando e torcendo por você?

Não, não sinto nenhuma pressão extra por causa disso. Acho que a pressão que eu coloco em mim mesmo é treinar muito bem, e depois acontece o que acontecer na luta. Estou feliz que as pessoas finalmente estão percebendo o que eu tenho feito. Mas ainda tenho um longo caminho a percorrer.

READ  Rose Lavelle e Lane Williams passam para a seleção dos EUA contra Portugal

P: A atual campeã Valentina Shevchenko perdeu para Alexa Grasso, e sua divisão finalmente viu um novo nome no comando. seus pensamentos?

Achei a luta ótima, e a Alexa teve um plano de jogo excelente. Todo mundo está fadado a perder em algum momento. Então acho que era a hora dela, e estou feliz por Alexa e estou ansioso pela revanche.

P: Quais são seus planos e objetivos na carreira e no Ultimate Fighting Championship?

Bem, eu quero ser o campeão, e quero ser o campeão por muito tempo. Então, vou continuar fazendo o que tenho feito, e vou chegar lá passo a passo.

Assista à cobertura ao vivo do UFC 286: Edwards x Usman III no Sony Sports Ten 2, Sony Sports Ten 3 (Hindi) e Sony Sports Ten 4 (Tamil e Telugu) em 19 de março de 2023 às 2h30 (IST).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *