Simulação de ácido de Tamoyos foi realizada no maior túnel Rodoviário do Brasil em Caraguatatuba – Província de Caraguatatuba

A franquia é alcançada pela Tamoyos em 5 níveis de simulação de ácido, dividindo-a em diferentes estabelecimentos da região.

O exercício foi realizado no Túnel Antônio de Queiroz Galvão da Serra Nova da Rodovia dos Tamois – ou maior Túnel Antônio de Queiroz Galvão da Serra Nova da Rodovia dos Tamois.

Também é simulado como sala de acompanhantes na Sede da Tamoios (localizada a 65 quilômetros da Rodóvia), onde os visitantes podem acompanhar em tempo real as atividades que se desenvolvem nas diversas pontes do túnel por meio de câmeras de concessão.

O exercício envolve a simulação de uma torrente em forma de ácido dentro do túnel, calculando o princípio de um incêndio causado por um painel elétrico no caminho especial. Não há cenário em que o slogan que ele faz cause extrema ansiedade ao ver o acidente, ou deixe uma segunda estrada para trás. Essa colisão causa muitos danos à superfície do produto contaminado transportado pela estrada. Nova simulação, uma operação emergencial de franquia de equipamentos, que inicia ou cuida de plantas, elimina neblina e controla nutrientes.

Um dos objetivos simulados é testar a sinergia dos equipamentos de emergência em situações extremas, e envolve múltiplos eventos simultâneos. Além dos equipamentos da franquia Tamoios, estão envolvidos equipamentos de simulação da Legião de Bombiros, da Rodoviária da Polícia Militar (PMRv), SAMU, GRAU, Cetesb e Ambipar. Basta acompanhar a Artesp – Agência Reguladora.

O exercício também testa o funcionamento moderno e desbloqueia tecnologias da Serra Nova da Tamois, como ventiladores, câmeras de segurança, sensores, telefones de emergência, canos altos, tubo de emergência, portas de neblina, saídas de água e tubulações de água. Entregar itens aos usuários e equipamentos de emergência.

READ  Lioz arquitectura revitaliza casas históricas em Portugal

Quanto à gestão das operações do Tamoios, Diego Dutra disse: “A simulação do Tamoios V esclarece ou dispensa o privilégio e exige que as instituições do estado de São Paulo protejam os usuários”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *