SEALs da Marinha dos EUA desapareceram após embarcar em missão na Somália

Uma operação de busca e resgate começou no sábado, depois que dois SEALs da Marinha dos EUA caíram no oceano enquanto tentavam abordar um navio na costa da Somália, de acordo com atuais e ex-funcionários familiarizados com o assunto.

O acidente ocorreu no Golfo de Aden Quinta-feira. Essas pessoas disseram que os operadores se preparavam para embarcar no navio em meio ao mar agitado quando um deles escorregou da escada. Eles falaram sob condição de anonimato para discutir o processo em andamento.

Os indivíduos desaparecidos não foram identificados e não ficou imediatamente claro em que navio tentavam embarcar ou por quê. As forças dos EUA cooperam rotineiramente com outros países como parte da missão antipirataria que opera no Golfo de Aden. Essas tarefas às vezes incluem embarcar em navios para garantir que eles tenham as credenciais adequadas ou que não estejam transportando substâncias ilícitas.

Uma autoridade dos EUA familiarizada com o incidente disse que não teve nada a ver com os recentes ataques liderados pelos EUA no vizinho Iémen e com a missão internacional mais ampla de proteger navios comerciais de ataques militantes provenientes de lá. O funcionário acrescentou que o assunto também não estava relacionado com a apreensão de um navio-tanque com bandeira das Ilhas Marshall pelo Irã.

O Comando Central dos EUA, que coordena as atividades militares na região, disse que os militares desaparecidos eram marinheiros da Marinha e se recusou a fornecer informações adicionais “até que a recuperação dos indivíduos esteja completa”.

READ  Nicarágua encerra relações com Taiwan

As forças de operações especiais na região enfrentaram difíceis missões antiterroristas e outras operações desafiadoras. Em Novembro, cinco tripulantes de uma unidade de aviação especial morreram durante um acidente de reabastecimento na costa de Chipre.

A ABC News foi a primeira a relatar o desaparecimento dos selos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *