Ronaldo liderará a seleção de Portugal para a Euro 2024.

Portugal tornou-se a última equipa a anunciar a sua convocatória para o próximo Euro 2024 na terça-feira, 21 de maio. O capitão Cristiano Ronaldo escreveu história ao ser convocado para o elenco de 26 jogadores pela sexta vez, um recorde.

Ronaldo quebrou o recorde do ex-capitão espanhol Iker Casillas ao participar cinco vezes do Campeonato Europeu. O lendário atacante levou seu time à glória na Euro 2016 e deve liderar um elenco forte de 26 jogadores para a 17ª edição do torneio na Alemanha.

O avançado de 39 anos estreou-se pela selecção em 2003 e fez parte da selecção portuguesa que terminou como vice-campeã do Euro 2004 em casa. Ele foi selecionado para a equipe do torneio por marcar dois gols e dar duas assistências.

O atacante do Al-Nasr detém o recorde de maior número de partidas na história do torneio e também lidera a lista de artilheiros com 14 gols em 25 partidas. Sobre a escalação de Ronaldo na equipe, o técnico Martinez destacou a capacidade física do atacante para estar sempre em forma e marcar constantemente.

“Em relação a Cristiano, é melhor falar de dados”, disse Martinez. “É um jogador que marcou 42 gols em 42 jogos

jogos pelo seu clube, e isso mostra a sua consistência e a sua capacidade física para estar sempre em forma, além da qualidade que tem na frente do gol que gostamos e precisamos muito.”

Entretanto, não houve grandes surpresas na convocatória de Portugal para o torneio, com nove jogadores da Premier League a dominar a lista.

Seleção de Portugal para o Euro 2024

Goleiros: Diogo Costa (Porto), José Sá (Wolverhampton), Rui Patricio (Roma).

Na defesa: António Silva (Benfica), Danilo Pereira (Paris Saint-Germain), Diogo Dalot (Manchester United), Gonçalo Inácio (Sporting Lisboa), João Cancelo (Barcelona), Nelson Semedo (Wolverhampton Wanderers), Nuno Mendes (Paris Saint -Germain).), querido. (Porto), Rabin Dias (Manchester City).

READ  A Arábia Saudita se prepara para sediar a Copa do Mundo de 2034, já que a FIFA confirma que não há candidaturas concorrentes após a retirada da Austrália

Meio-campistas: Bruno Fernandes (Manchester United), João Neves (Benfica), João Baleña (Fulham), Otavio Montero (Al Nasr), Ruben Neves (Al Hilal), Vitinha (Paris Saint-Germain).

Ataque: Bernardo Silva (Manchester City), Cristiano Ronaldo (Al Nasr), Diogo Jota (Liverpool), Francisco Conceição (Porto), Gonçalo Ramos (Paris Saint-Germain), João Félix (Barcelona), Pedro Neto (Wolverhampton Wanderers). Rafael Leão (Milão).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *