Preparando-se para o Carnaval 2024

Com muita diversão, humor, cores e música, sem abandonar a “afiada” sátira política, social e desportiva, o espetáculo será composto por 14 carros alegóricos e mais de 600 figurantes que darão corpo aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que incluem , por exemplo, erradicar a pobreza e promover a igualdade de género, educação de qualidade, ação climática e comunidades locais.

Figuras e temas da vida política atual regressam ao Sambódromo de Loulé. Esta não é a primeira vez que o tão aguardado novo aeroporto de Lisboa inspira Lolli Corso.

O aumento das taxas de juro e o seu impacto no crédito à habitação, problema que “puniu” as famílias portuguesas ao longo do último ano, foi ridicularizado num dos carros alegóricos. Zé Bovinho é um fantoche da presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, que tem sido o rosto destes aumentos e o portador de más notícias.

No contexto internacional, as duas guerras que caracterizaram os últimos meses também são retratadas a bordo do avião com Vladimir Putin, Volodymyr Zelensky e Joe Biden como tripulantes.

Além dos famosos carros alegóricos, também estarão no desfile dançarinos brasileiros, grupos de entretenimento locais e animadores.

Os bilhetes para o Carnaval de Loulé custam 2€ e estão disponíveis no dia.

READ  Um ano de sucesso para a animação portuguesa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *