O Palmeiras já está de olho na Copa Libertadores, perdendo com reservas para o Ciara

O Ciara venceu o Palmeiras por 2 a 1, hoje (24), no Castelão, em jogo da 32ª rodada do campeonato brasileiro. Lima e Fina fizeram os gols de Fusau, enquanto Gabriel Veron marcou para Alfredi.

Abel Ferrera praticamente descansou todos os seus jogadores, pois no próximo sábado (30) está em dúvida sobre a final do Mundial. LibertadoresContra o Santos no Maracanã. A melhor fica para o Fusau, que venceu o segundo jogo consecutivo com 45 pontos, o oitavo.

O Palmeiras perdeu a segunda consecutiva e continuou com 51 pontos, mas agora está na sexta colocação e sem conseguir mexer nos indicadores. Na terça (26), o Verdaou joga contra Basco, Em duelo adiado do primeiro turno, enquanto o Ciara voltou a campo no próximo domingo (31), para receber o Atlético-BR.

O melhor: VINA conduz som

O segundo gol de Sira, de cobrança de pênalti, foi um dos destaques da vitória do Venegra, pois deu muito trabalho à defesa merensei. Ele deu o passe mais decisivo da partida: cinco.

O pior: o imperador não está bem

O zagueiro Alfredi não está mais bem. Em alguns momentos, o nº 33 ficou para trás com Gustavo Scarpa na lateral esquerda da defesa do Palmeiras, o mais chato dos contra-ataques cearenses.

FELIPE MELO retorna após 77 dias

Após se recuperar de fratura no tornozelo esquerdo, Felipe Melo voltou a jogar nesta tarde, aos 28 minutos do segundo tempo, para substituir Patrick de Paula. O retorno mínimo esperado quando o meio-campista se contundiu era ficar 90 a 120 dias afastado, mas Felipe tinha o objetivo de voltar a tempo de disputar a final do torneio. Copa do EditorNo dia 30, o meio-campista também recebeu um cartão amarelo na volta.

READ  Banco do Brasil nega renúncia de CEO após nova rodada de boatos

Comporte-se bem

A equipa de Guto Ferreira aproveitou muito bem os seus erros, com uma estratégia que assentou fortemente nos contra-ataques. Lima foi esperto no primeiro gol, e no segundo gol, acertamos a marca do pênalti. Com cada vez menos posse de bola, Ciara conseguiu proteger razoavelmente sua defesa e não foi sufocado pelo Palmeiras nas sucessivas jogadas.

Executar palmeiras

Com um time reserva, o Verdaou mostrou organização, mas pagou o preço pelas falhas decisivas, tanto defensivas nos gols de Ciara, quanto no ataque, e desperdiçou boas oportunidades, como aconteceu com Gabriel Veron, no primeiro tempo. No entanto, o nível de desempenho diminuiu com as mudanças e a entrada de mais meninos no estágio final.

Cronologia

O Ciara abriu o placar cedo, aos nove minutos de jogo, graças a uma falta de Gustavo Scarpa, que não conseguiu controlar a bola sozinho, na entrada da área. Lima roubou, levou para a área e tocou na saída de Gilson para abrir o placar. Aos 28, nova falta foi cometida, agora em passe longo do campo da defesa: Patrick De Paula tirou vantagem de Liu Chu, e o árbitro considerou pênalti. Vina expandiu o grupo. Pouco depois, a resposta veio com um gol de Gabriel Veron, de 33 anos.

Na fase final, o jogo teve menos chances. A tentativa do Palmeiras de empate terminou com muitas bolas longas, mas não atrapalhou o goleiro Ricardo. Por um lado, o Fusau seguiu uma estratégia de contra-ataque, mas também com pouca eficácia.

Tiro lateral sem jogar

Eduardo, o lateral ciara, foi o único jogador expulso da partida, mas não entrou em campo. O jogador foi advertido com um cartão amarelo no banco, para reclamar no primeiro tempo. No aquecimento, na última etapa, ele pegou o segundo amarelo e assim ficou vermelho.

READ  Ronaldo foi expulso da seleção portuguesa Canberra Times

Ficha de dados
CEARÁ 2 x 1 Palmeiras

Adoçado: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
dados: 24 de janeiro de 2021, domingo
Mesa: 16 horas
Regra: Braulio da Silva Machado (FIFA)
Ajudantes: Helton Nunes (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
Quarto julgamento: Leo Simão, Holanda (CE)
Onde: Adriano Milczewski (PR)
Cartões amarelos: Liu Chu, Charles (CEA); Patrick de Paula, Imperador Alain, Emerson Santos, Philip Mello, Esteves (PAL)

Cartão vermelho: Eduardo (CEA)

Objetivos. Lima, nove minutos do primeiro tempo (1-0); Viena, 28 minutos do primeiro tempo (2-0); Gabriel Veron, 33 minutos do primeiro tempo (2-1)

CEARÁ: Richard. Samuel Xavier, Thiago Pagnosat, Louise Ottavio e Bruno Pacheco; Fabinho (William Oliveira), Fernando Sobral, Fina (Philip Vizio), Lima e Liu Chu (Charles); Clipper (Soulou). Técnico: Goto Ferreira

Palmeiras: Gilson. Mike, Gustavo Gomez, Imperador Alain, Gustavo Scarpa (Pedro Acácio); Emerson Santos, Patrick de Paula (Philip Melo) e Lucas Lima; Brenno Lopez, Gabrielle Veron (Esteves) e Gabriel Silva (Fabricio). Técnico: Abel Ferrara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *