Neusa Borges vende um brechó, sem poder pagar o aluguel em meio à pandemia

A atriz Nusa Borges, 78, admitiu que teve que vender seu brechó porque não conseguiu pagar o aluguel durante a pandemia.

Em entrevista à coluna de Patricia Cogot em O Globo, as estrelas de “O Clone”, “Salve Jorge” e “Caminho das Índias” disseram que a situação dos brechós era preocupante, pois a crise financeira se agravou com o início do isolamento.

Sobre a loja de roupas de segunda mão que recebia doações das atrizes com as quais Noosa trabalhava – entre elas, a atriz explicou: “Vendi porque era uma preocupação. Aí ganhei umas cestas básicas de amigos que nunca se esqueceram de mim e deu tudo certo”. Bruna marquezine.

“Havia frustração com a entrega da loja, mas havia preocupação em pagar o aluguel”, confirmou Ondina Borges, filha de Noosa.

A atriz foi colocada em quarentena em Salvador, onde mora com a família. Ela mencionou que a única coisa que a incomodava enquanto estava isolada era a falta de cerveja popular.

Nos últimos meses, a única coisa que me incomodou foi deixar a cerveja de lado. Agora fico em casa, adoro ler um bom livro, ver um bom filme, fazer palavras cruzadas … Sou uma boa dona de casa.

“Oh Vírus Corona Eles me mantiveram dentro de casa. E por causa da cirurgia também Eu tive que passar pelo melhor confortoCom um sistema rígido. “Agora, com relação à dieta, estou de volta ao normal”, disse Noosa ao jornal.

READ  Análise: Inter dá sinais de melhora, mas cede a erros defensivos e perde a Libertadores | internacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *