FiGa adquire direitos de vendas para a primeira coprodução Uganda-Brasil

A FiGa Films, com sede em Miami, adquiriu os direitos de vendas globais fora do Brasil para “Kevin”, uma coprodução sem precedentes entre Brasil e Uganda.

A FiGa Films levará o documentário ao American Film Market esta semana e ao Ventana Sur no início de dezembro como parte de sua programação.

Escrito pela estreante Joanna Oliveira, o filme gira em torno de sua longa amizade com uma animada mãe de três filhos, de Uganda, chamada Kevin, que ela conheceu enquanto estudava em Berlim, há quase duas décadas.

“Kevin e eu somos amigos desde 1999, e a ideia de provar a sua importância na minha vida através de um filme só foi possível porque outra pessoa viu que também era uma história que precisava ser contada”, disse Oliveira, acrescentando que o filme foi filmado em 1999. Uganda, Brasil e conta com um elenco internacional de ambos os países, bem como da Alemanha, Quênia e Estados Unidos

O filme é produzido por Luana Melgaso, da Anavilhana Filmes, natural de Belo Horizonte, Brasil. Segundo Melgaso, esta foi sua primeira parceria com Joanna e juntos traçaram estratégias para começar a filmar sem bolsa.

“Fiquei profundamente emocionado por Luana acreditar na história de uma amizade pessoal entre duas mulheres de países e culturas diferentes”, disse Oliveira. “Luana percebeu o cerne do filme e empurrou EU Ela acrescentou: “Através da minha luta íntima para contar minha própria história”.

“Estamos entusiasmados em começar a lançar uma história tão inspiradora sobre duas mulheres muito diferentes e sua profunda compaixão e amizade”, disse Sandro Fiorin, CEO da FiGa Films. “Joanna e a sua equipa captaram o que é essencial hoje, nos momentos mais difíceis das nossas vidas”, observou.

READ  Gal Gadot compartilha vídeo com Alia Bhatt do Brasil | filme de notícias hindi

Em outras notícias, “The Wolves” (“Los Lobos”) da FiGa Films continua a receber prêmios após sua vitória na Berlinale, com 18 prêmios até agora e novos acordos de distribuição, mais recentemente com o alemão Wolf Kino. Agora rodando no HBO Max, foi adquirido em 22 países e mais negócios serão anunciados em breve, segundo Fiorin. Situado em Albuquerque, o drama imigrante de Samuel Kishi Liubo segue duas crianças imaginativas cuja mãe as deixa sozinhas em casa enquanto vai trabalhar.

A FiGa Films celebrará seu 15º ano na indústria com uma celebração de um ano em seu novo canal de streaming FiGa en Casa em 2021. A FiGa foi lançada em junho em resposta ao aumento da demanda por entretenimento doméstico durante a pandemia de COVID-19. Fiorin disse que a Casa contará com novas promoções e títulos surpresa em sua próxima programação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *