Espanha e Portugal estendem suas barreiras de fronteira terrestre até 1º de março

Madri, 10 de fevereiro: Espanha e Portugal anunciaram a extensão das restrições ao longo das fronteiras terrestres internas dos dois países até 1º de março em um esforço para controlar a disseminação de novas variantes do coronavírus.

De acordo com a edição de terça-feira do Diário Oficial da Espanha (BOE), a passagem de fronteira só é permitida em centros autorizados, com exceções para aqueles que cruzam a fronteira para fins de trabalho ou estudo, bem como para residentes autorizados que voltem de casa outro país no espaço Schengen para viagens e pessoal diplomático, informou a agência de notícias Xinhua.

A Espanha notificou até agora 3.005.487 casos Covid-19 e 63.061 mortes, enquanto o número total de feridos e mortes em Portugal é de 770.502 e 14.557, respectivamente.

Em sua reunião de terça-feira, o governo espanhol também decidiu manter até o dia 2 de março a proibição de voos do Reino Unido, Brasil e África do Sul, os três países onde foram descobertas as novas variantes.

As medidas foram estendidas apesar dos sinais claros de que a terceira onda da epidemia na Espanha continua diminuindo.

Também nesta terça-feira, a Espanha começou a administrar 196,8 mil doses da vacina AstraZeneca, que chegou ao país no final de semana e foi distribuída para 17 regiões independentes no dia anterior.

Por enquanto, essas vacinas só serão aplicadas a pessoas entre 18 e 55 anos, desde profissionais de saúde e assistência médica que não estão na linha de frente da batalha contra o Coronavírus.

Isenção de responsabilidade: esta história é gerada automaticamente pelo IANS.

Inscreva-se conosco no

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.